Menu
quarta, 16 de junho de 2021
Cidade

Após audiência, Roselei espera que reunião nesta sexta supere impasse do ticket refeição

20 Ago 2015 - 16h35
Audiência pública na Câmara discutiu impasse na questão do ticket refeição do funcionalismo - Audiência pública na Câmara discutiu impasse na questão do ticket refeição do funcionalismo -

O vereador Roselei Françoso (PT) informou que devido às reclamações de servidores municipais quanto aos serviços da empresa Ecopag, que administra o ticket refeição, mediante contrato com a Prefeitura, uma reunião será realizada nesta sexta-feira (21) às 9h na sala das sessões da Câmara, para buscar equacionar o impasse relacionado com os pagamentos de estabelecimentos comerciais conveniados. Deverão participar da reunião, representantes da empresa, da Prefeitura e comerciantes.

Roselei considerou positivo o resultado de audiência pública realizada nesta quarta-feira (19) na Câmara Municipal. “Ouvimos as partes interessadas e percebemos que há algumas divergências, pois a Prefeitura não tinha informação da periodicidade dos pagamentos efetuados pela Ecopag às empresas credenciadas”, afirmou o vereador. Comerciantes reclamaram na ocasião que a administradora do ticket  demora até 60 dias para efetuar o pagamento que, na observação do parlamentar, precisa ser feito no menor prazo possível.

A audiência contou com presenças dos secretários municipais  Helena Maria Cunha do Carmo Antunes (Administração e Gestão de Pessoas) e José Roberto Poianas (Fazenda), do presidente do Sindispam, Adail  Alves de Toledo e os vereadores Marquinho Amaral (PSDB), Rodson Magno (PSDB), Lineu Navarro (PT), Walcinyr Bragatto (PV) e Ditinho Matheus (PMDB). A empresa Ecopag não compareceu, mas enviou nota que foi lida durante a audiência, presenciada por dezenas de servidores municipais.

A empresa Ecopag Administradora de Cartões Ltda, sediada em Ribeirão Preto, mantém com a Prefeitura o contrato numero 013/15 no total de R$ 10.247.760,00. Roselei Françoso afirmou ser necessário resolver o quanto antes esse impasse, que está prejudicando os servidores municipais e envolve um montante considerável de recursos públicos.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias