Menu
sexta, 22 de junho de 2018
Cidade

Segundo secretaria da saúde, a população pode ficar tranqüila quanto a febre amarela

15 Jan 2008 - 19h57Por Redação São Carlos Agora
Devido à grande procura pela vacina contra a febre amarela, a Secretaria Municipal de Saúde de São Carlos orienta a população no sentido de que se o cidadão não for viajar para as áreas de risco de contrair a febre amarela não há necessidade de procurar a Unidade de Saúde da Vila São José para tomar a vacina.Estimulada pela divulgação na imprensa das notícias de morte de macacos com suspeita de febre amarela e registro de casos da doença em turistas desde o início do ano nas regiões Norte e Centro-oeste do Brasil a população tem lotado a unidade de saúde da Vila São José para tomar a vacina, ocasionando filas e demandando uma aquisição maior de vacinas pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos (Vigep).A média de aplicação de vacinas contra a febre amarela, que estava em torno de 150 doses/mês, passou para 200 vacinas em apenas um dia, a última segunda-feira, causando impacto significativo no estoque regular da vacina na Vigep, podendo gerar o desabastecimento.A vacina contra a febre amarela, em São Carlos, está sendo feita exclusivamente na Unidade Básica de Saúde (UBS) da Vila São José, por ser unidade de referência. Ela é disponibilizada gratuitamente e protege a pessoa contra a febre amarela pelo período de 10 anos e deve ser feita 10 dias antes de a pessoa viajar, tempo suficiente para o desenvolvimento de anticorpos específicos e de proteção do organismo contra a doença.

Conheça os sintomasOs principais sintomas da febre amarela são: febre alta de início súbito, sensação de mal-estar, dor-de-cabeça, dor muscular, cansaço e calafrios. Se evoluída para a forma grave, a febre reaparece e a pessoa passa a apresentar dor abdominal, diarréia e vômitos e surgem icterícia (olhos amarelados) e manifestações hemorrágicas como sangramentos no nariz e gengivas, além do funcionamento inadequado de órgãos vitais como fígado e rins.No aparecimento desses sintomas a pessoa deve procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima de sua residência. Outras informações podem ser obtidas na Vigilância Epidemiológica de São Carlos, pelo telefone 3307-7405.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias