Menu
segunda, 17 de dezembro de 2018
Cidade

Roselei pede solução para falta de professor na EMEB Dalila Galli

14 Mai 2014 - 17h02
0 - 0 -

O vereador Roselei Françoso (PT) protocolou na Câmara Municipal nesta quarta-feira (14), um requerimento de informações à Prefeitura a respeito da falta de professor de ciências, na Escola Municipal de Ensino Básico (EMEB) Dalila Galli, no bairro Jockey Clube (zona norte da cidade) desde o mês de março passado. A informação foi levada ao vereador por pais de alunos do estabelecimento.

“Esse fato, além de por si só ser um absurdo insustentável, demonstra total descompromisso do governo municipal atual com a educação pública do município”, avalia Roselei, lembrando que a ampliação do número de professores na rede foi tema da campanha do atual prefeito e grande quantidade de professores aguarda chamamento para contratação resultante de concurso público ou processo seletivo. Segundo ele, a situação atual incomoda os pais de alunos e representa risco potencial aos indicadores da educação no município.

Roselei aponta também a demanda das escolas municipais, com tendência a aumentar diante do número crescente de salas de aulas e alunos, e assinala que o ensino público “merece total atenção, não podendo ficar em déficit de profissionais à frente de suas atribuições”.Outro fato destacado é que os prejudicados são alunos do sexto e nono ano de ensino, os quais estão se preparando para o ensino médio, vestibulinhos, prova Brasil, provas para o ensino técnico profissionalizante, etc. 

Acrescenta que a disciplina de ciências “é matéria base de qualquer grade curricular de ensino e sua ausência já causou prejuízos na educação desses alunos, tendo em vista que são, ou melhor, deveriam ser ministradas quatro aulas semanais dessa matéria por sala de aula, num total de cinco salas de aula”. Em razão desse número, a perda de conteúdo programático prejudica o andamento da grade curricular e consequente acompanhamento de outras turmas.

O vereador ressalta que “alguns pais de alunos procuraram a Secretaria Municipal de Educação e foram informados, na época, que já estava tudo certo para as contratações necessárias, bastando, para tanto, o senhor Prefeito autorizar o ato”.

No entender de Roselei, a contratação de professores “não traz impacto financeiro à administração, pois se trata de substituição de servidor que se demitiu da rede municipal”. No requerimento, o parlamentar pergunta que medidas a Prefeitura pretende adotar para solucionar o problema, se já houve comunicado a esse respeito pela direção da escola, e qual foi a resposta encaminhada. Também questiona se a Secretaria Municipal de Educação tem conhecimento se outras escolas demandam profissionais da educação “e estão, até o momento, desamparadas pela Prefeitura”.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias