Menu
terça, 09 de março de 2021
Esportes

Atual campeã, Nazareno quer ampliar hegemonia na Copa Evangélica

12 Mai 2016 - 13h25Por Gustavo Curvelo (colaborador)
Com oito gols sofridos em nove jogos, Hélio é o goleiro menos vazado da competição. Foto: Gustavo Curvelo/Divulgação - Com oito gols sofridos em nove jogos, Hélio é o goleiro menos vazado da competição. Foto: Gustavo Curvelo/Divulgação -

São mais de dois anos de invencibilidade na Copa Evangélica. No caso do torneio de futebol de campo, uma impressionante marca de 15 vitórias, sem empates ou derrotas. 100% de aproveitamento, com o título da competição de 2015. E, em 2016, as nove vitórias obtidas provam que a Nazareno, uma vez mais, chega forte na disputa pelo título.

Por isto, às 14h45 de sábado, 14, no estádio municipal Luiz Estevan de Siqueira, o Zuzão, a equipe orientada pelo treinador Dé Fuzzato quer provar dentro das quatro linhas queé possível seguir estabelecendo recordes e prolongando ainda mais a vantagem e a hegemonia na competição.  Contra a Quem Procura Acha, uma motivação extra: após muito sofrimento, vitória sofrida de virada na semifinal contra a Restaurando Vidas/Maranata, por 3 a 2, que segundo o goleiro Hélio Santos, só tem a fazer o time se animar para a decisão.

"Este foi um jogo inesperado, pelas circunstâncias criadas dentro dele. Um jogo muito forte, em que tomamos dois gols [no primeiro tempo, anotados por Antônio Gonçalvez] quando a superação e a força de vontade deles estavam melhores que a nossa. Entramos pra jogar sério, como todo jogo, mas por falha em lances individuais sofremos dois gols muito rápidos. No primeiro, um lançamento nas costas do marcador, o que não pode acontecer, e o segundo num belo chute do jogador [Patrik] que o outro aproveitou o rebotee marcou", relembra o arqueiro.

O segundo tempo foi de superação. "A partir daí fomos superiores. Acertamos o posicionamento no intervalo e o nosso treinador alterou algumas peças. Isso deu certo, pois conseguimos colocar a bola no chão e os gols saíram naturalmente, mesmo num momento que já ouvíamos que estávamos eliminados", discorre o camisa 1, enfatizando o gol da virada, anotado por Fábio Aurélio, nos instantes finais do tempo regulamentar.

Sendo assim, coube à Nazareno a vaga na grande final. Mas mesmo sabendo que seu time soma 46 gols marcados e apenas 7 sofridos, o que resulta na melhor defesa e no melhor ataque ao longo de toda a competição, Hélio descarta qualquer favoritismo, acreditando que a partida, única, será definida nos detalhes, podendo a torcida influenciar.

"Será um jogo muito difícil. Chegamos na final pensando em ganhar e no título, mas é claro que esse é o mesmo pensamento do adversário. Quem errar menos, leva. Temos uma expectativa muito grande, e se ganharmos, vamos compartilhar a conquista com a torcida. Queremos a Nazareno em peso, em busca do bicampeonato", conclui o goleiro.

A partida entre Quem Procura Acha e Nazareno, valendo o título da Copa Evangélica de futebol de campo, tem entrada gratuita ao público, assim como o duelo anterior, envolvendo Pentecostal da Bíblia/Missão Atos e Restaurando Vidas/Maranata, às 13h, pela disputa de terceiro lugar. A organização disponibiliza a abertura dos portões às 12h30, permanecendo desta forma durante todo o dia de competição.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias