Menu
quinta, 13 de maio de 2021
Entretenimento

Tusca começa hoje com micareta fechada no Distrito Industrial

01 Nov 2012 - 10h04
0 - 0 -

Começa hoje (1) a 33ª edição da Taça Universitária de São Carlos (Tusca). Uma micareta fechada no Distrito Industrial vai abrir o evento. O ingresso vai custar R$ 20,00 e a expectativa de público é de 15 mil pessoas. O tradicional Corso que percorria as ruas da cidade foi proibido pelo prefeito Osvaldo Barba (PT) após a morte de um jovem na edição do ano passado.

O trio elétrico percorrerá um trecho de quase dois quilômetros. Toda a infraestrutura, como bares, banheiros e pontos de atendimento médico, será fixa.

A comissão organizadora contratou 200 seguranças particulares e uma equipe de apoio de 40 pessoas, para garantir uma distância de segurança entre o trio elétrico e participantes da festa.

Durante o evento a Polícia Militar vai reforçar o efetivo no entorno da festa e nas principais vias de acesso da cidade. Os policiais vão utilizar o etilômetro para fiscalizar os motoristas e punir aqueles que estão dirigindo sob efeito de álcool.

A organização vai colocar a disposição dos estudantes duas linhas especiais de ônibus que vão sair do CAASO e da UFSCar com destino ao Distrito Industrial.

Na sexta, sábado e domingo serão realizados os jogos, que contam com a participação de, em média, dois mil atletas. Na sexta e no sábado, serão realizadas duas festas em ambiente fechado, direcionadas aos participantes do evento.

Mortes

Nos últimos anos, a Tusca foi marcada pela morte de dois estudantes e de uma idosa de 83 anos.

No dia 15 de setembro do ano passado O jovem Bruno Cristiano de Oliveira morreu durante o Corso do ano passado.nos teve a cabeça esmagada pelas rodas de um caminhão de bebidas durante o trajeto do Corso.

Na madrugada de sábado (17 de setembro) a aposentada Rosa Buzzo Zucolotto, de 83 anos morreu depois de ser atropelada na rua Vicente de Carvalho, na Vila Marcelino. O carro era dirigido pelo estudante E.D.G., de 22 anos que havia acabado de deixar uma festa no complexo de eventos da Tusca, no Distrito Industrial. Ele foi autuado em flagrante por homicídio culposo (sem intenção de matar) e foi liberado após pagar fiança de R$ 19 mil.

Em 2010, o jovem Ricardo Mitsu Yashi, de 24 anos, estudante da USP, foi encontrado morto embaixo de uma ponte, na rotatória da Rua Miguel Petroni e Avenida Trabalhador São-Carlense. A polícia acredita que ele tenha caído e se afogado, mesmo em poucos centímetros de água.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias