sexta, 19 de abril de 2024
Violência urbana

Aluno de 14 anos é espancado por 10 pessoas na saída da EE Jesuíno de Arruda

Mãe disse em boletim de ocorrência que o motivo seria o fato da vítima, dias antes, ter separada a briga envolvendo uma amiga

01 Mar 2024 - 09h19Por Marcos Escrivani
Aluno de 14 anos é espancado por 10 pessoas na saída da EE Jesuíno de Arruda - Crédito: Arquivo/São Carlos Agora Crédito: Arquivo/São Carlos Agora

Um caso de espancamento será investigado pela Polícia Civil e teria ocorrido na tarde desta quinta-feira, 29, em frente à Escola Estadual Jesuíno de Arruda, na Vila Prado. A vítima seria um aluno de 14 anos. O caso foi registrado em boletim de ocorrência na CPJ.

Uma vendedora de 42 anos, mãe da vítima, disse às autoridades policiais que a agressão teria ocorrido na saída da escola e que dez pessoas teriam batido no filho. O motivo, segundo ela, é que o garoto, dias antes, teria separado a briga envolvendo uma amiga que estudaria na mesma sala de aula.

Nota da Secretaria da Educação 

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo repudia qualquer tipo de violência dentro ou fora do ambiente escolar e está comprometida em fomentar uma cultura de paz nas unidades educacionais.

Embora a briga não tenha ocorrido nas proximidades da escola, a unidade identificou os envolvidos para contato com os responsáveis e articulação das providências, em apoio ao estudante.

Uma equipe regional do Programa de Melhoria da Convivência e Proteção Escolar (Conviva SP) reforçará as estratégias de mediação de conflitos na unidade e o profissional do Programa Psicólogos na Educação intensificará atividades e rodas de conversa com os alunos.

A Diretoria de Ensino de São Carlos e a gestão escolar estão disponíveis para prestar esclarecimentos aos responsáveis

Leia Também

Últimas Notícias