Menu
segunda, 25 de janeiro de 2021
Cidade

São Carlos realiza 2ª conferência sobre Diversidade Sexual

04 Out 2011 - 14h20
0 - 0 -

O prefeito Oswaldo Barba participou no último sábado (1º) da 2ª Conferência Municipal de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT), em proteção aos direitos e à diversidade sexual. O evento aconteceu no Centro de Economia Solidária. Compareceram à conferência a ex-vereadora, Silvana Donatti, a secretária de Cidadania e Assistência Social, Rose Mendes, a diretora presidente da FESC, Elisete Pedrazani, a presidente da ONG Visibilidade LGBT, Phamela Godoy e o chefe da Divisão de Políticas para a Diversidade Sexual, Alexandre Sanches.

Para o prefeito Barba propiciar momentos para a discussão de políticas que favoreçam a igualdade é de fundamental importância, e São Carlos é referência em lutar por direitos iguais também na escolha sexual.

Em julho deste ano, São Carlos já dava um importante passo: era instituída a criação da Divisão de Políticas para a Diversidade Sexual pelo prefeito Barba. Segundo ele, a divisão, bem como a conferência, são mais conquistas da população são-carlense, que a cada dia demonstra fazer parte de uma cidade moderna e humana, acolhendo uns aos outros sem distinção de cor, raça ou opção sexual. "São Carlos é referência quando o tema é a igualdade racial, em políticas para as mulheres e também em prol da diversidade sexual. A cidade se destaca em políticas que cuidam das minorias", ressaltou o prefeito.

Durante a 2ª conferência foram discutidas diversas propostas para atuação do município em áreas, como educação, saúde e direitos humanos, respeitando a igualdade sexual.

Alexandre Sanches, chefe da Divisão de Políticas para a Diversidade Sexual, acredita que a conferência cumpriu seu papel, sendo muito produtiva. "As discussões entre representantes do governo junto com a sociedade civil, incluindo a população LGBT e heterossexuais se voltam para a luta contra a homofobia, o preconceito e contra a intolerância na nossa cidade", destacou Alexandre.

Durante o evento também foram aprovadas propostas importantes, que serão encaminhadas para as secretarias competentes e nortearão a montagem do Plano Municipal de Políticas para Diversidade Sexual.

http://media.saocarlosagora.com.br/_versions_/uploads/imagens/5-conferencia-1-site_s300.jpgO chefe da divisão também destacou entre as principais propostas a que visa criar "sanções administrativas para pessoas físicas e jurídicas, incluindo servidores públicos, que cometam ou permitam ações homofóbicas, e que essas sejam amplamente divulgadas, através de campanhas, para todos os setores da população são-carlense".

E ainda a que busca criar um centro de referência LGBT com uma estrutura que inclua uma equipe multidisciplinar de trabalho, com psicólogos, assistente social e assessoria jurídica, além de equipe administrativa.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias