Menu
domingo, 17 de janeiro de 2021
Cidade

Prefeitura de Ibaté nega abusos de Guardas Municipais contra adolescente de 15 anos

06 Dez 2011 - 10h00

A Prefeitura de Ibaté emitiu uma nota a imprensa nesta segunda-feira (05) para esclarecer o caso do adolescente de 15 anos que acusa dois Guardas Municipais de Ibaté de abuso de autoridade.

De acordo com o menor, os guardas o levaram até um canavial onde o agrediram, lhe deram choques e até o ameaçaram de abusar sexualmente. Depois do abuso, o adolescente teria sido entregue a uma Conselheira Tutelar que não tomou nenhuma providência, apenas o levou para casa.

Em nota a prefeitura nega os abusos e ainda alega que o jovem foi levado para casa pela própria viatura da Guarda Municipal. Os guardas denunciados ainda não foram ouvidos.

Confira abaixo a nota de esclarecimento da prefeitura de Ibaté:

Nota à imprensa: 

Em relação ao caso registrado no último sábado (3), pela Polícia Militar de Ibaté, o comando da Guarda Civil Municipal, que até o momento não foi ouvido para dar sua versão sobre o caso, vem por meio da Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal, tornar público o seguinte: 

- Por volta das 23 horas de sábado, uma viatura da Guarda Municipal, como faz todos os dias, efetuava rondas no sentido de zelar pelo patrimônio público da cidade, quando avistaram três indivíduos depredando bancos e os enfeites natalinos da Praça dos Antigos Trabalhadores da CBT. De imediato, os guardas municipais estacionaram a viatura no sentido de abordarem os individuos, porém, só conseguiram deter um que ao tentar escalar o muro caiu, vindo a se machucar, sendo detido em seguida com uso de força moderada. Os outros dois fugiram.

- O comando informa ainda que, em nenhum momento, abusou de autoridade contra o menor e os outros jovens, tanto que, de imediato, acionou o Conselho Tutelar para que tomasse conta do caso. O referido relatório de acompanhamento encontra-se na sede do conselho, onde a genitora do jovem tomou ciência.

- Vale ressaltar que o menor foi entregue em sua residência pela mesma viatura que o abordou. Este é um procedimento normal em todos os casos que ocorrem com crianças e adolescentes no município, em que a Guarda Municipal é acionada. 

Para finalizar, a Guarda Municipal esclarece que sua função é zelar pelo patrimônio público de Ibaté e em nenhum momento vai agir contra algum cidadão de bem que ajuda a zelar e cuidar daquilo que lhe pertence.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias