Menu
segunda, 19 de abril de 2021
Educação

Pesquisadores da USP São Carlos conquistam prêmio em segurança de computadores

15 Dez 2018 - 13h06Por Redação
Pesquisadores da USP São Carlos conquistam prêmio em segurança de computadores - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

“Patterns and pseudo-ramdomness using complex systems”. Este é o título do trabalho apresentado no XVIII Simpósio Brasileiro em Segurança da Informação e de Sistemas Computacionais (SBSeg18), realizado entre os dias 22 e 25 de outubro último, na cidade de Natal (RN), da autoria da Pós-Doutoranda Jeaneth Machicao e do Prof. Odemir Bruno, ambos do Instituto de Física de São Carlos (IFSC/USP), vencedor do Prêmio de Melhor Tese no Concurso de Teses e Dissertações (CTDSeg-2018) lançado no citado evento e organizado pela Sociedade Brasileira de Computação.

Jeaneth Machicao fez sua graduação em engenharia de sistemas no Peru, seu país natal. A colaboração entre seus professores (César Beltrán e Juan Carlos Gutierrez) e o docente e pesquisador de nosso Instituto, Prof. Dr. Odemir Bruno, facilitou – e muito – a opção que tomou em prosseguir sua pós-graduação no Brasil, nomeadamente no IFSC/USP, no curso de Física Computacional. Concluído seu mestrado, Jeaneth avançou para o doutorado e, com firme convicção, avançou ainda mais e neste momento já está no seu pós-doutorado, tendo como meta e sonho tornar-se docente no nosso Instituto.

Em outubro último, por iniciativa e em colaboração estreita com o Prof. Odemir Bruno, Jeaneth participou com seu trabalho de doutorado no concurso acima descrito, tendo vencido o Prêmio de Melhor Tese no Concurso de Teses e Dissertações (CTDSeg-2018). A jovem pesquisadora salienta que quando da apresentação de sua defesa de tese, a banca avaliadora sugeriu que o trabalho em questão pudesse ser apresentado em algum concurso da temática, exatamente pela qualidade científica do mesmo. “Foi uma tese abrangente que incluiu os tópicos relativos à segurança de informação, criptografia e inteligência artificial, daí que eu tenha escolhido levar para o concurso a segurança de informação”, sublinha Jeaneth, até porque a temática constitui um dos principais temas do mundo moderno.

“Na minha tese, eu e o Prof. Odemir trabalhamos afincadamente no sentido de criar um método que explorasse a teoria do caos para extrair melhores propriedades aleatórias, isso porque os números aleatórios são bastante utilizados em diversas aplicações no cotidiano, como, por exemplo, em bancos, estruturas militares, etc., aplicação também muito forte no campo da criptografia porque é necessário adquirir números aleatórios confiáveis. Na minha apresentação, inserida no concurso, abordei a forma como extrair melhores propriedades aleatórias de sistemas baseados na teoria do caos, de tal forma que possam ser exploradas as propriedades para a criptografia, tendo em vistas a impossibilidade de quebrar códigos”, pontua a pesquisadora.

Em sua apresentação pública oral, Jeaneth concentrou-se ao máximo para, de uma forma serena, mas incisiva, explicar todos os conceitos de seu trabalho para uma plateia constituída apenas por pesquisadores do sexo masculino. “Curiosamente, no final de minha apresentação não fizeram muitas perguntas, o que de certa forma me tranquilizou, já que fiquei com a certeza de que tinha sido objetiva, até porque o modelo que apresentei pode ser aplicado de forma imediata, mediante alguns ajustes relacionados com a rapidez da resposta, algo que eu e o Prof. Odemir já estamos trabalhando. Já na entrega do prêmio, que ocorreu também no evento, fui abordada por diversos professores que se mostraram muito entusiasmados com o nosso trabalho, tendo mostrado desejo de firmar parcerias acadêmicas, algo que me deixou muito feliz”, concluiu Jeaneth, que prossegue seu caminho em ascensão. Rui Sintra – Assessoria de Comunicação – IFSC/USP

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias