Menu
sexta, 18 de junho de 2021
Cidade

Fundo Social de Solidariedade abre oficialmente a campanha "Outubro Rosa"

01 Out 2015 - 20h06
0 - 0 -

O Fundo Social de Solidariedade “Amai-vos” abriu oficialmente nesta quinta-feira (1), a “3.ª Campanha Outubro Rosa – Mostre que você se ama, faça o diagnóstico precoce de câncer de mama”. A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade “Amai-vos”, Alice Altomani, fez a abertura oficial agradecendo o apoio das entidades parceiras e falou da programação para este ano. “Durante todo o mês estaremos realizando palestras em diversos locais para alertar as pessoas sobre a importância da prevenção e da necessidade da realização da mamografia. Também vamos realizar a 3ª Caminhada “Pense Rosa” no dia 24 de outubro e esse ano vamos encerrar com um baile de máscaras no dia 30 no salão de festas do Centro Professorado Paulista (CPP) com a participação da Banda Doce Veneno”, contou a primeira-dama. O Outubro Rosa conta com apoio da Secretaria Municipal de Saúde, do Instituto de Compromisso com o Desenvolvimento Humano (ICDH), da ONG Orienta a Vida e do Grupo de Apoio Interdisciplinar de Câncer de Mama (GAICAM).

Alice destacou ainda a satisfação em realizar esse evento. “Por mais um ano por meio dessa campanha estamos alertando a população sobre a prevenção do câncer. Queremos que o assunto seja discutido entre as famílias e que sirva como alerta para a realização de exames periódicos, salvando dessa maneira muitas vidas”, finalizou.

Alessandra Groppa, psicóloga do GAICAM, falou dos números do câncer de mama no país. “O câncer de mama é o tumor maligno mais comum em mulheres e o que mais leva as brasileiras à morte, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca)”, alertou a psicóloga.

O prefeito Paulo Altomani, para marcar a abertura da Campanha Outubro Rosa, sancionou a Lei Nº 17.605/15 de autoria da vereadora Cidinha do Oncológico, que institui nos hospitais de São Carlos, credenciados ao Sistema Único de Saúde (SUS), o Programa de Cirurgia Plástica Reconstrutiva da Mama, destinado às mulheres que sofreram mutilação, total ou parcial, da mama, decorrente do tratamento para o câncer. “Segundo a Estimativa sobre Incidência de Câncer no Brasil, 2014-2015, produzida pelo Inca, o Brasil terá 576 mil novos casos de câncer por ano. Desses, 57.120 mil serão tumores de mama, daí a importância dessa lei da nossa vereadora Cidinha”, destacou o prefeito.

A vereadora Cidinha do Oncológico agradeceu ao prefeito Paulo Altomani pela sensibilidade ao sancionar a lei. “Fiquei muito feliz, é uma conquista de todas as mulheres de São Carlos. A lei de minha autoria implementa no município um conjunto de ações para que as mulheres tenham o direito à cirurgia plástica reparadora de mama. As pacientes de São Carlos que necessitam fazer a reconstrução de mama hoje precisam deixar as suas casas e ir para Ribeirão Preto ou Botucatu”, ressaltou a vereadora.

Para marcar a campanha, espaços públicos e monumentos da cidade também ganharão iluminação rosa nas fachadas, cor alusiva ao movimento mundial “Outubro Rosa” em prol da detecção precoce do câncer de mama.

Também estiveram presentes na abertura da 3.ª Campanha Outubro Rosa o vice-prefeito e secretário de Agricultura e Abastecimento, Cláudio Di Salvo, o presidente da Câmara Municipal, Lucão Fernandes, os vereadores Dé Alvim e Laíde das Graças Simões, a oncologista Patrícia Ratto, o assessor parlamentar do deputado federal Lobbe Neto, Paulo Melo, a chefe do Centro Municipal de Especialidades (CEME), Joraci Teresa Porfírio e a representante do ICDH e da ONG Orienta a Vida, Darlene Sampaio, além de secretários municipais e servidores.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias