Menu
sexta, 27 de novembro de 2020
Cidade

Funcionários da Electrolux conquistam 7% de reajuste

14 Nov 2009 - 15h11Por Redação São Carlos Agora
Os trabalhadores da Electrolux do Brasil aprovaram ontem, por unanimidade, em assembléia realizada nas proximidades da empresa, a proposta apresentada pela empresa que prevê um reajuste salarial de 7% sobre os salários a partir de 1º de novembro. O índice soma a reposição do INPC, de 4,18% mais 2,71% de aumento real.

O Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté considerou a conclusão da negociação como vitoriosa e cheia de conquistas. “Foi um dos melhores acordos da região e mesmo do Estado”, comenta o presidente do sindicato, Rosalino de Jesus de Barros.  “Mas, conquistamos, também, aumento para o ticket alimentação, que sai de cerca de R$ 174 e vai para R$ 195,00, e um ticket alimentação, para o dia 23 de dezembro de mais R$ 450,00”, completa Rosalino.

Ele conta que, na composição desses ganhos, se diluir em 12 meses, esse acordo representará, num salário médio de R$ 1.070,00, ou seja 10,84% de aumento para o trabalhador. “Mas, para todos os trabalhadores, no reajuste salarial que vai para a carteira, estamos somando 7%”, destaca.

Outra conquista dos trabalhadores nesta negociação foi no adicional noturno de 50%. “Nenhuma empresa, em São Carlos, tem essa porcentagem. Nas demais empresas, a porcentagem é de 35%, na Capital é 35%, nas montadoras é de 25%, então, existem coisas, nas negociações diretas, que têm valor muito além do que negociando com grupos que têm representatividade”, declarou.

Rosalino lembra que nas negociações feitas por outros Sindicatos, a proposta foi de 6,53%, “apenas 2% de aumento real”. Os metalúrgicos de montadoras da região do ABC e de Taubaté aceitaram no mês de Setembro, reajuste de 6,53% mais abono de R$ 1.500. “Então, estamos acima desse percentual. E o reajuste deles é para primeiro de Janeiro, e, nós, a partir de 1º de Novembro”, relembra Rosalino. O piso salarial para os trabalhadores da Electrolux passou, também, para R$ 928,40.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias