Menu
quinta, 05 de dezembro de 2019
Sem alimento e sem móveis

Família passa por necessidades no Cidade Aracy e SCA realiza campanha solidária

12 Nov 2019 - 10h32Por Marcos Escrivani
Família passa por necessidades no Cidade Aracy e SCA realiza campanha solidária - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Uma mãe solteira e seus quatro filhos passam por extrema necessidade no Cidade Aracy. Eles residem em um único cômodo na antiga rua 27 (área invadida perto da escola Ary Pinto das Neves) e necessitam do auxílio da população. O São Carlos Agora abraçou a causa e inicia uma ação solidária para proporcionar um pouco de conforto e carinho para a sofrida família.

Maria do Carmo Amaral, 36 anos, vive de reciclagem e cria os filhos Valentine (8 anos), Vitório (6 anos) e os gêmeos Vicenzo e Lourenço (2 anos e 6 meses).

Uma vizinha, a cabeleireira Edina Alves dos Santos Amorim, sensibilizada com a situação da mãe e das crianças, entrou em contato com o portal para que fosse feito uma reportagem.

Ela salientou que, por falta de dinheiro para pagar aluguel, Maria do Carmo e os filhos tiveram que deixar a casa onde moravam. Foram moram no cômodo onde estão há dois meses e passam por muitas necessidades.

“O dinheiro que ela consegue vem da reciclagem e do bolsa família. Mas é pouco. Ela não conseguiu nem recarregar a carteira de passes e não consegue levar suas crianças para a escola”, disse Edina, salientando que os gêmeos estão no Nosso Lar. “Mas deixaram de frequentar, pois a mãe não tem dinheiro para leva-los de ônibus”, comentou.

SEM NADA. APENAS ROUPAS

Vizinhos doaram roupas para a mãe e para as crianças. Entretanto, ela não tem condições de adquirir um botijão de gás para fazer o alimento para as crianças.

“Não possui móveis. Ela gostaria de um guarda-roupas, de um beliche. Um fogão. Uma geladeira. Apenas para dar conforto para os pequenos”, disse.

Edina afirmou ainda que a família carece de alimentos e de fralda para os gêmeos. “Na verdade, eles não possuem nada. Sofrem todo tipo de privação. É muito triste e dolorido”, garantiu Edina.

Quem puder fazer qualquer tipo de doação, basta entrar em contato pelo fone/Whats 16 98195-7518 (Edina) ou ir na antiga rua 27, número 777 e fazer a doação.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias