Menu
terça, 07 de dezembro de 2021
Cidade

ETE Monjolinho recebe visita técnica de participantes da 4ª Mostra

28 Out 2011 - 19h07
0 - 0 -

Integrando a 4ª Mostra de Ciência e Tecnologia em Políticas Públicas Municipais, o SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de São Carlos), autarquia da Prefeitura, promoveu nesta quarta-feira (27) uma visita técnica à Estação de Tratamento de Esgoto de São Carlos (ETE) Monjolinho.

Estiveram presentes representantes das cidades de Guarulhos, São Bernardo do Campo e Diadema (SP), Belo Horizonte (MG), Vitória (ES), São Leopoldo e Santa Maria (RS), Buenos Aires (Argentina) e Montevidéu (Uruguai). Contou também com a presença dos vereadores Laíde Simões, Ditinho Matheus e Equimarcilias Freire (PMDB), Dé Alvim e Lineu Navarro (PT), Marquinho Amaral (PSDB) e Julio César Pereira de Souza (DEM).

O presidente do SAAE, Eduardo Cotrim, iniciou a visita apresentando dados relativos aos investimentos financeiros, suas obras civis e sua capacidade de tratamento. "Até 2008 São Carlos não tratava 1 litro sequer de esgoto. O rio Monjolinho estava condenado. Hoje tratamos 85% de todo o esgoto gerado na zona urbana de São Carlos e com as obras complementares estaremos em breve tratando 100%," explica Cotrim.

Para o professor José Roberto Campos, da Escola de Engenharia da USP de São Carlos, idealizador da ETE Monjolinho, o projeto é eficiente, simples e barato. "O projeto da Estação foi muito bem pensado. A eficiência dela ultrapassa muito a legislação vigente para mananciais com classe 4 como é classificado o Rio Monjolinho. A ideia foi mesmo recuperar esse manancial", explica. O professor ainda mostrou os dados das medições feitas que atendem  aos requisitos do Programa do Governo Federal (Prodes) que premiou com R$ 21 milhões o projeto da estação pela sua eficiência. Já atinge a remoção de 90% da demanda bioquímica de oxigênio (DBO).   

Com a entrada nos próximos dias da unidade de UV (ultra-violeta) em funcionamento os efluentes lançados no rio terão 99,99% de grau de desinfecção.

Após as apresentações, o engenheiro José Ventura de Medeiros, da empresa que gerencia as obras e assessora a operação da ETE, monitorou uma visita a campo para que os presentes conhecessem as diversas etapas do tratamento do esgoto na estação.              

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias