Menu
terça, 19 de junho de 2018
Cidade

Prefeitura pomove exposição sobre Centenário da Imigração Japonesa

Painéis e objetos da cultura japonesa estarão expostos no Paço Municipal

07 Nov 2008 - 17h31Por Redação São Carlos Agora
A Prefeitura Municipal, por meio da Fundação Pró-Memória de São Carlos, promove, na próxima segunda-feira (10), às 18 horas no Paço Municipal, a abertura da exposição “A Presença Japonesa em São Carlos: Centenário da Imigração Japonesa para o Brasil”. A atividade faz parte dos diversos eventos em homenagem à imigração japonesa que vem ocorrendo desde o início do ano.

Segundo a vice-presidente da Fundação Pró-Memória, Leila Massarão, essa exposição faz parte dos trabalhos desenvolvidos pela instituição com os diferentes grupos de imigrantes que formaram a sociedade local. “Essa exposição já teve uma parte inicial realizada no ano de 2005, quando demos início às pesquisas sobre a colônia japonesa em nossa cidade. Houve uma grande cooperação da população japonesa, interessada na valorização dos aspectos culturais e sociais de sua cultura. A recuperação de sua história significou muito para a comunidade que começava a se rearticular naquele momento”, explica.

Junto a isso, as comemorações do centenário da imigração japonesa, em 2008, ampliaram as possibilidades documentais e teóricas dos pesquisadores da Fundação Pró-Memória e contribuíram para a ampliação da exposição de 2005.

“Essa ampliação foi feita através da coleta de novos relatos das memórias e das histórias das pessoas da comunidade, novas pesquisas teóricas lançadas recentemente, novos documentos disponibilizados pelas pessoas e localizadas nos arquivos. Como produto deste novo avanço nas pesquisas vai ser lançado no dia 10 de novembro, no Paço Municipal, a exposição “A Presença Imigrante em São Carlos: Centenário da Imigração Japonesa para o Brasil”, um aprofundamento das pesquisas de 2004 e 2005. Novos temas foram introduzidos, como os percalços que a colônia passou durante a Segunda Guerra Mundial, o movimento dekassegui, peculiaridades da história da colônia em São Carlos, a cultura pop japonesa, e outros aspectos que ainda não tinham sido explorados”, conta Leila Massarão.

Imagens e textos – A exposição contará com 16 painéis com imagens, relatos, textos explicativos, e também objetos que caracterizam a comunidade local e a cultura japonesa de forma geral. Em breve, os resultados dessa pesquisa serão lançados no site da Fundação Pró-Memória de São Carlos, quando o caderno de pesquisa “A Presença Japonesa em São Carlos” estará à disposição para consultas.

De acordo com Leila, esse trabalho ainda não se esgotou. “Existem outras pessoas da comunidade japonesa para serem abordados, outros aspectos que ainda precisam ser esclarecidos ou aprofundados... Essa pesquisa tende a despertar novas buscas no futuro. Estamos encerrando uma etapa, mas já temos uma lista de pessoas a serem entrevistadas, que são importantes e que surgiram durante as pesquisas. Para a Fundação Pró-Memória é muito interessante porque temos um acervo de história oral que está em constante expansão e a proposta de trabalharmos com grupos imigrantes é primordial em nossas orientações”.

A Fundação Pró-Memória está preparando ainda um vídeo documentário com entrevistas de pessoas da comunidade japonesa falando sobre aspectos recentes da vida da colônia, principalmente aqueles relacionados ao movimento dekassegui e seu impacto em São Carlos.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias