Menu
quarta, 12 de dezembro de 2018
Cidade

Barba autoriza a licitação de obras da segunda etapa da ETE/Monjolinho

Investimentos nessa etapa serão da ordem de R$ 15 milhões

19 Jan 2009 - 17h53Por Redação São Carlos Agora
O prefeito Oswaldo Barba, ao lado do vice-prefeito Emerson Leal e do diretor presidente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), Eduardo Cotrim, assinou na manhã de segunda-feira (19), na galeria dos prefeitos “Antonio Massei” do Paço Municipal Sesquicentenário, autorização para a abertura de duas licitações para obras da segunda fase da Estação de Tratamento de Esgoto - ETE/Monjolinho.

A primeira, por concorrência pública do tipo menor preço, empreitada por preço global, refere-se à implantação do sistema completo de desinfecção por luz ultravioleta, com custo estimado de R$ 5,3 milhões e prazo de execução da obra de 120 dias após a assinatura do contrato.

Essa unidade visa remover coliformes fecais que, por ser através de processo físico, não utiliza adicionamento de produtos químicos, não havendo assim efeito residual que possa prejudicar o meio ambiente e a vida aquática.

A segunda licitação, com um prazo de conclusão de 180 dias e custo estimado de R$ 10,6 milhões, será uma concorrência pública tipo menor preço, empreitada por preços unitários, trata da implantação do sistema de esgotamento sanitário (emissário de esgoto) do complexo Cidade Aracy, composto de três estações elevatórias, linhas de recalque e interceptor de esgoto por gravidade.

O edital prevê ainda a construção de um sistema de drenagem da área externa e a pavimentação da área interna da ETE/Monjolinho, a readequação do sistema de esgoto da praça Antonio Adolpho Lobbe, a construção de um sifão invertido e uma galeria no córrego Mineirinho e um interceptor no córrego Monjolinho.

Eduardo Cotrim explica que esse conjunto de obras será muito importante para o tratamento de esgoto em São Carlos, pois a cidade passará a tratar 100% do efluente produzido no município. “O emissário do complexo do bairro Cidade Aracy vai coletar e transportar todo o esgoto produzido naquela região, levando-o todo para a ETE/Monjolinho onde será tratado”, revelou.

De acordo com o prefeito Oswaldo Barba, as obras são fundamentais e já estavam contempladas no plano de execução da ETE. “A primeira fase, que já está implantada, coleta 85% do esgoto da cidade e agora vamos chegar a 100%”, confirmou, ao destacar que os recursos para as obras virão do Ministério das Cidades, por meio da Caixa Econômica.

Ainda segundo o prefeito, a implantação do sistema de desinfecção por luz ultravioleta, vai elevar a eficiência do tratamento a um índice de 98%, fazendo com que a água que sai da ETE volte para o córrego Monjolinho com um grau de pureza indicado pela legislação. “São Carlos tem que comemorar o fato de poder tratar 100% do seu esgoto. Espero que tudo corra bem e que até o meio do ano possamos inaugurar mais essa etapa da ETE/Monjolinho”, concluiu.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias