Menu
domingo, 26 de setembro de 2021
Polícia

Vigilante é espancado e morto na GV

26 Fev 2011 - 08h55
Pereira estava morando em São Carlos há oito anos - Pereira estava morando em São Carlos há oito anos -

O vigilante Oberdan Pereira, de 26 anos, morreu após ser brutalmente espancado por três pessoas defronte a uma boate na avenida Getúlio Vargas, na madrugada deste sábado (26).

O assassinato aconteceu por volta das 3h. De acordo com o primo do vigilante, o pintor JSP, de 23 anos, eles estavam na boate bebendo e na saída se envolveram em uma confusão com algumas meninas e três homens.

Quando deixavam a boate em uma moto os primos foram fechados por um veículo Astra na avenida Getúlio Vargas. O carro era ocupado pelos três indivíduos que se envolveram na confusão anteriormente. Os agressores desceram do carro e passaram a agredir o vigilante com golpes de capacete na cabeça.

O pintor conseguiu fugir e quando retornou encontrou o primo caído no meio da avenida inconsciente. Ele acionou o SAMU 192, que rapidamente chegou ao local.

Com o apoio da Unidade de Suporte Avançado (USA) a equipe médica tentou reanimar a vítima por cerca de 30 minutos, mas sem sucesso. Mesmo assim o vigilante foi encaminhado à Santa Casa de São Carlos e em seguida levado para o Instituto Médico Legal (IML) de São Carlos. Pereira é natural da Bahia e há oito anos está morando em São Carlos. O primo dele esteve no plantão policial, onde deu a sua versão. O caso será investigado pelo 4º Distrito Policial e pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias