quinta, 22 de fevereiro de 2024
Polícia

Universitários fecham a rua e jogam garrafas na Polícia Militar

06 Abr 2017 - 07h59
PM precisou usar bombas de efeito moral para conter os estudantes. - PM precisou usar bombas de efeito moral para conter os estudantes. -

A Polícia Militar precisou intervir para acabar com uma festa universitária que entrou pela madrugada na Carlos de Camargo Salles, perto da USP.

Após o encerramento da festa que acontecia em uma república, cerca de 300 estudantes fecharam a rua com e passaram a promover algazarra.

Por volta de 00h30 o COPOM (Centro de Operações da Polícia Militar) passou a receber dezenas de telefonemas de moradores por causa da bagunça generalizada.

Havia informações que entre os estudantes estava um vendedor de drogas que não foi localizado, mas foi identificado através de imagens de câmeras de segurança.

O tenente Stradioto e sua equipe com cerca de oito policiais tentaram dialogar por três vezes com os universitários, porém não houve acordo .

Sem emprego da força física, mas usando bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo a festa foi encerrada.

Os universitários correram e se abrigaram na USP e de lá arremessavam garrafas e pedras contra as viaturas e policiais.

A PM conseguiu acabar com a festa que terminou sem feridos.

Leia Também

Últimas Notícias