Menu
domingo, 21 de julho de 2019
Polícia

Polícia divulga possíveis disfarces de homem que matou ator

20 Jun 2019 - 09h23Por Redação
Polícia divulga possíveis disfarces de homem que matou ator - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação
A Polícia Civil divulgou nesta quarta-feira, 19, imagens com possíveis disfarces que Paulo Cupertino Matias pode usar com objetivo de não ser encontrado. O homem é considerado foragido após ter mandado de prisão expedido pela Justiça e não ter sido encontrado. Ele é acusado de matar o ator Rafael Miguel, conhecido pela atuação na novela Chiquititas, e os pais dele a tiros.
 
As buscam continuam sendo realizadas pelos agentes. A delegacia que investiga o caso recebeu as imagens elaboradas pelo Laboratório de Arte Forense da Polícia Civil. As imagens poderão ajudar na identificação do foragido. O laboratório realizou modificações no cabelo e na barba de Matias, além de ter acrescentado boné e óculos escuros, simulando disfarces que o homem pode recorrer no intuito de não ser reconhecido.
 
O crime aconteceu no domingo, 9, na zona sul de São Paulo. Rafael e os pais João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50, foram até a casa de Isabela Tibcherani, filha de Matias. Eles chegaram às 13h55 e foram recebidos no portão pela jovem e pela mãe dela. Eles tentavam conversar com a família da namorada do ator para oficializar o relacionamento.
 
Pouco depois, ainda do lado de fora, a família foi surpreendida por Matias, que apareceu armado. Sem falar nada, ele teria atirado contra os três e fugido logo em seguida, segundo a Polícia Civil. As vítimas morreram na hora e os corpos ficaram caídos na calçada.
 
De acordo com a investigação, Matias já tinha passagens por roubo e por furto, em ocorrências investigadas pela Delegacia de Roubo a Bancos em 1993, e chegou a ser preso em Santos. Em 2005, também respondeu a processo por agressão e ameaça. Atualmente, é proprietário de uma loja de peças de automóvel.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias