Menu
terça, 26 de outubro de 2021
Crime brutal

Polícia Civil prende sobrinho acusado de matar o tio para comprar crack em Água Vermelha

03 Set 2019 - 10h25Por Redação São Carlos Agora
Polícia Civil prende sobrinho acusado de matar o tio para comprar crack em Água Vermelha - Crédito: Arquivo Pessoal Crédito: Arquivo Pessoal

Na tarde de segunda-feira (2), o delegado Maurício Antônio Dotta e Silva, do 1º Distrito Policial ouviu a confissão do desempregado Anderson Doniseti Morais, que completa 27 anos nesta terça-feira (3). Ele é acusado de agredir brutalmente o tio, Sebastião de Morais, 66, no interior de uma residência localizada na rua Bela Centra, no Subdistrito de Água Vermelha.

Anderson disse que está arrependido e declarou que a droga teria o levado a cometer o crime. O aposentado, que era acamado, morreu na última sexta-feira (3), na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa.

O delegado disse que Anderson confessou o crime e desta forma ele representou pela prisão temporária para que sua equipe possa concluir os trabalhos e encontrar a prova do crime que seria um porrete que ele teria utilizado para espancar o tio. Dotta informou que após o crime, Anderson deixou o subdistrito e seguiu para Araraquara e posteriormente a Taquaritinga, onde acabou preso. Na cidade reside uma tia e a namorada.

Após ser ouvido no Inquérito Policial sobre a lesão corporal seguida de homicídio, Anderson teve sua prisão temporária decretada pela Justiça Criminal e foi encaminhado ao Centro de Triagem local.

ESPANCAMENTO

Na manhã de quinta-feira (29), Sebastião Morais, foi encontrado por uma irmã, com sinais de espancamento no interior de sua residência, localizada em Água Vermelha e com auxílio do SAMU, ele foi socorrido para o SMU da Santa Casa, onde recebeu os primeiros atendimentos especializados e devido ao seu estado de saúde, foi encaminhado para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa, aonde veio a falecer pelo início da tarde de sexta-feira (30).

O aposentado Sebastião Morais, 66, era uma pessoa acamada e na mesma moradia residia o sobrinho Anderson, que é viciado em drogas e por questão da crise de abstinência, pediu dinheiro ao tio. Como não conseguiu, se revoltou e após apanhar um pedaço de caibro espancou Sebastião que teve ferimentos graves no rosto, braços, dedos e uma fratura na perna esquerda.

Áudio - Anderson fala sobre o crime em Água Vermelha

Áudio -  Delegado Maurício Dotta fala sobre a prisão de Anderson


 

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias