sábado, 02 de março de 2024
Polícia

Pedreiro diz ter sido vítima de racismo em supermercado no Cidade Aracy

28 Jun 2017 - 17h14
Pedreiro diz ter sido vítima de racismo em supermercado no Cidade Aracy -

Um pedreiro de 56 anos esteve no 2º Distrito Policial nesta quarta-feira (28) para registrar um boletim de ocorrência contra uma mulher a qual teria proferido palavras racistas contra a sua pessoa.

Ele contou que por volta das 18h40 do último sábado (24) estava na fila de um açougue de um supermercado na rua Regina Celia Silva Vasconcelos, no Cidade Aracy, quando uma mulher identificada como Rita passou a ofender a sua pessoa dizendo que não gosta de "preto", para ir tomar banho e "preto sujo"

O fato foi acompanhado por outras pessoas que estavam no local.

Ofendido, o pedreiro resolveu procurar a polícia e pretende processar a mulher. 

PENA

O Código Penal, em seu artigo 140, § 3º determina uma pena de 1 a 3 anos de prisão, além de multa, para as injúrias motivadas por "elementos referentes a raça, cor, etnia, religião, origem, ou a condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência"

Leia Também

Últimas Notícias