Menu
sexta, 18 de junho de 2021
Polícia

Mãe facilitava abuso da filha em troca de dinheiro para comprar drogas

13 Abr 2015 - 14h04
Conselheira teria sido negligente ao não apurar denúncia. (foto Arquivo) - Conselheira teria sido negligente ao não apurar denúncia. (foto Arquivo) -

A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) está investigando uma denúncia feita junto ao Conselho Tutelar sobre uma mãe que facilitava o abuso sexual da própria filha em troca de dinheiro para comprar entorpecentes.

O caso foi denunciado pela madrinha da menina, que esteve no Conselho Tutelar no dia 12 de março relatando que semanalmente a garota era levada para a casa de um homem de 56 anos que abusava dela. Em uma dessas vezes a criança ficou três dias seguidos com o acusado.

Apesar da denúncia ter consistência, nenhuma providencia havia sido tomada pelo conselho na ocasião.

No último dia 2 a madrinha retornou ao Conselho Tutelar e novamente fez a denúncia.

A conselheira Ariane Fondato considerou que a colega de trabalho foi negligente ao não tomar as medidas de praxe na primeira denúncia e um relatório deverá ser encaminhado ao promotor da Vara da Infância e Juventude para que tome ciência e providências sobre a situação.

Depois de ser registrado um boletim de ocorrência, o conselho afastou a criança do convívio da mãe através de medida protetiva. A menina vai passar por exames e será acompanhada por um psicólogo.

Segundo Ariane Fondato, o homem colocava o pênis na boca da criança e acariciava as partes intimas dele e os exames médicos deverão apontar se houve ou não penetração.

A mãe da criança deverá responder pelo crime de maus-tratos. 

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias