Menu
domingo, 26 de setembro de 2021
Polícia

Lavrador alisa mãe e filha em loja no centro; população tenta agredi-lo

Ao SCA acusado garantiu que tudo foi um mal-entendido e que apenas teria relado no braço da menina

27 Nov 2017 - 15h03

O lavrador A.M.P., 62 anos, foi detido por policiais militares na tarde desta segunda-feira, 27, acusado de alisar os órgãos genitais de uma mulher de 32 anos e em sua filha, de 10 anos. O assédio teria acontecido em uma loja na rua Geminiano Costa, no centro. Após o ato, populares queriam linchar o acusado que se escondeu nos fundos do estabelecimento e armado com uma faca.

O São Carlos Agora apurou que mãe e filha estariam na fila, aguardando para passar pelo caixa quando o lavrador se aproximou e alisou a menina. Não satisfeito, teve o mesmo procedimento com a mãe, que ficou indignada.

Os gestos teriam sido visto por populares que ficaram revoltados e tentaram linchar o acusado que se armou com uma faca e se escondeu nos fundos do estabelecimento.

Policiais militares foram acionados e detiveram o lavrador que foi encaminhado à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e ficou à disposição da autoridade policial.

"TUDO MENTIRA"

O SCA ouviu A.M.P. enquanto esperava para ser ouvido. Segundo ele, foi tudo invenção e os fatos seriam mentira. "Só relei no braço da menina. Não fiz nada. Tenho família e com vergonha. Não passei a mão em nada. Só relei no braço", afirmou o lavrador. 

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias