Menu
domingo, 13 de junho de 2021
Polícia

Julgamento do “Caso Maiara” é adiado

11 Jun 2015 - 09h44
São-carlense Maiara Cristina de Oliveira, foi executada e teve seu filho subtraído de seu ventre - São-carlense Maiara Cristina de Oliveira, foi executada e teve seu filho subtraído de seu ventre -

A Juíza Viviane Decnop Freitas Figueira da cidade de Leme suspendeu a seção do Tribunal do Júri que levaria ao banco dos réus no próximo dia 16 os réus José Enrique Vendrasco, 53, o "Riquinho" e o ex-presidiário Wander Fabiano da Silveira, 30, acusados de provocar a morte da doméstica Maiara Cristina de Oliveira, 25.

Segundo as informações, por não ter um horário exato para terminar e segundo a juíza, no dia 17 em razão de Feriado Municipal do Padroeiro de Leme o julgamento poderia ser prejudicado, foi decidido pela suspensão dos trabalhos.

 Já no mesmo despacho a juíza remarcou para às 9 horas da manhã do dia 28 de Julho o início do julgamento que se estenderá até o dia 29. A juíza determinou que todas as onze testemunhas, além das pessoas convocadas pela compor o conselho de sentença, além de advogados e o Ministério Público fossem comunicados da nova data do julgamento.

 

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias