sexta, 01 de março de 2024
Polícia

Cozinheiro que morreu após ser encontrado ferido perto do cemitério pode ter sido vítima de latrocínio

27 Jun 2017 - 15h45
Rua Abraão Simão, atrás do cemitério, onde a vítima foi encontrada ferida. - Rua Abraão Simão, atrás do cemitério, onde a vítima foi encontrada ferida. -

A equipe do delegado Maurício Antônio Dotta e Silva do 1º Distrito Policial tenta identificar os assassinos de um cozinheiro que em maio deste ano foi espancado durante um suposto assalto na região norte de São Carlos.

Saiba mais

Morre na Santa Casa homem que foi espancado e deixado perto do cemitério

Antônio Jeferson Ferreira de Lemos, 24, chegou a ficar internado por cinco dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa casa de Misericórdia, porém na noite do dia 27 de maio veio a falecer devidos aos ferimentos que sofreu em uma possível reação contra os assaltantes. O caso chegou a ser registrado como "morte suspeita" e com os laudos do Instituto Médico Legal (IML) e informações de um dos médicos da UTI da Santa Casa a Polícia Civil passou a investigar a morte violenta, possivelmente por latrocínio (matar para roubar).

FAMÍLIA

A reportagem chegou a falar com uma das irmãs de Antônio Jeferson, que teve seu corpo transladado e sepultado no Estado do Maranhão, de onde teria vindo com duas irmãs há poucos meses para tentar a sorte em São Carlos. A irmã do cozinheiro informou que Antônio Jeferson, residia em um alojamento e trabalhava na cozinha de uma tradicional lanchonete especializada em comidas chinesas. Ela disse que o irmão era de pouca conversa e nunca teve qualquer entrevero com outra pessoa e nunca teve conhecimento que estaria sendo ameaçado por alguém. Ela acredita que realmente ele foi assaltado e levaram tudo, inclusive as roupas dele durante o bárbaro crime. A família quer saber quem e porque mataram o rapaz que segundo amigos de trabalho era um excelente funcionário.

MISTÉRIO

O delegado Maurício Antônio Dotta e Silva que está a frente das investigações disse que a Polícia Civil vem trabalhando com poucas informações e que o caso ainda está envolto em mistério. Ele não descarta nenhuma hipótese, mas o roubo seguido de espancamento seria a hipótese que a polícia trabalha.Vítima chegou a ficar internada por vários dias na UTI da Santa Casa.

Na última sexta-feira (23), a polícia descobriu através de levantamentos investigativos que Antônio Jeferson, pode não ter sido espancado atrás do Cemitério Nossa Senhora do Carmo, que apenas foi deixado ferido no local.

O CRIME

Na tarde do dia 22 de maio, por volta das 16 horas, após deixar o trabalho, localizado na rua Dona Alexandrina, no centro, onde inclusive teria recebido o vale que seria parte de seu salário, Antônio Jeferson, seguiu com destino ao alojamento em que residia, porém no trajeto desapareceu e não era localizado pelas irmãs e amigos. No início da manhã do dia 23, populares solicitaram uma ambulância do SAMU e uma viatura da Polícia Militar, na rua Abraão Simão, vila Brasília, atrás do cemitério Nossa Senhora do Carmo, onde encontraram caído um homem, trajando uma bermuda, sem calçados e sem camisa, sem portar qualquer documentos, com várias marcas de agressão e um forte traumatismo, o qual sem condições de falar foi socorrido ainda com vida para emergência do Serviço Médico de Urgência (SMU), onde ao dar entrada os médicos o colocaram em coma induzido e sem qualquer identificação foi ele internado na UTI. A Polícia Militar não conseguiu localizar no local ninguém que pudesse identificar o rapaz e falar sobre o que teria ocorrido, apenas uma pessoa dizia acreditar que aquele homem poderia ser um morador em situação de rua.

IMPRENSA

Os PMs encaminharam as informações ao 1º Distrito Policial que deu início aos trabalhos investigativos. Maurício Dotta determinou que seus investigadores tentassem saber o que teria ocorrido com aquele homem e quem seria ele, porém somente na manhã do dia 24, foi que uma atendente de 22 anos, compareceu ao 1º DP, relatando aos policiais civis que seu irmão estava desaparecido e teria ela tomado ciência através da imprensa que um homem sem qualquer identificação teria sido localizado ferido atrás do cemitério. 

 

Leia Também

Últimas Notícias