Menu
domingo, 20 de setembro de 2020
No Santa Angelina

Advogada entra com pedido de habeas corpus e homem que matou vizinha pode ser solto

10 Dez 2018 - 16h52Por Redação São Carlos Agora
Advogada entra com pedido de habeas corpus e homem que matou vizinha pode ser solto - Crédito: Arquivo/SCA/Redes Sociais Crédito: Arquivo/SCA/Redes Sociais

O homem que matou a vizinha a tiros na noite do dia 14 de novembro, na rua Isidoro Frutuoso, no Santa Angelina, pode ser solto, caso a Justiça aceite o pedido de Habeas Corpus com liminar impetrado pela advogada Luzia Helena Sanches na última sexta-feira (7).

No pedido, Luzia Helena alega que Adenilson Oliveira Pereira, de 26 anos, não possui antecedentes criminais, tem residência e trabalho fixos, possui filhos e por isso deve aguardar o julgamento em liberdade, se comprometendo a comparecer perante o juiz quando for chamado, bem como usar tornozeleira eletrônica.  

Caso a liminar seja negada, posteriormente será julgado o mérito.

Adenilson está no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Araraquara. Na noite que ocorreu o crime ele foi preso em flagrante pela Polícia Militar com a arma que usou para matar a funcionária pública Maria Nida de Lima, de 27 anos. O assassinato aconteceu após uma discussão.

A mulher deixou o companheiro e duas filhas.

A advogada Luzia Helena Sanches já defendeu Suzane Von Rich Richthofen, que matou os pais em 2002, e Maria Angélica Macedo da Silva, que se tornou conhecida como “Princesinha do crime”, acusada de praticar furtos em residências.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias