quinta, 22 de fevereiro de 2024
Polícia

Advogada acusada de ligação com PCC é presa em São Carlos

31 Mai 2017 - 08h06
0 - 0 -

Na tarde desta terça-feira (30), a Polícia Civil, através da Delegacia Seccional de São Carlos prendeu uma advogada de 38 anos, que era procurada pela Justiça Criminal por ser acusada de ter envolvimento com integrantes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

A reportagem apurou que na tarde desta terça-feira, o delegado seccional de São Carlos, Rogério FakhanyVitta, recebeu da Justiça Criminal um Mandado de Prisão Preventivo contra a advogada M.F. M., 38, a qual estaria sendo investigada desde o final do ano passado na Operação Ethos que investigou vários advogados que estariam trabalhando como mensageiros, levando informações de chefes da facção para fora das prisões.

A operação foi desencadeada no dia 22 de novembro de 2016 pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) e a advogada, teria conseguido empreender fuga de um apartamento comercial no bairro da Bela Vista, na capital paulista.

No apartamento os policiais civis apreenderam inúmeros documentos envolvendo presos detidos e recolhidos, além de notas fiscais, anotações diversas, extratos bancários e algumas pastas que foram encaminhadas à Justiça Criminal.

O delegado Rogério FakhanyVitta, acompanhado de investigadores da Delegacia Seccional, no mais absoluto sigilo seguiu para a rua João Bosco, na Santa Felícia, região oeste de São Carlos, onde em posse do mandado de prisão preventivo deteve no interior de uma moradia a advogada M.F., que não resistiu a prisão e foi cientificada do processo que corre pela Justiça Criminal de Presidente Venceslau.

Alertado, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil de São Carlos e outra advogada nomeada pela ordem acompanharam todo o trabalho dos policiais.

No início da noite a advogada foi encaminhada sob escolta policial ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exame de corpo de delito e posteriormente seguiu para o Centro de Triagem Feminino (CTF) de Ribeirão Bonito, onde foi presa e aguarda os procedimentos da Justiça Criminal.

 

Leia Também

Últimas Notícias