Menu
domingo, 29 de março de 2020
Justiça com as próprias mãos

Homem que assassinou mulher a facadas é linchado e morto no interior de SP

20 Fev 2020 - 12h23Por Redação
Adriana Aparecida da Silva foi morta a facadas em Jundiaí - Crédito: Arquivo pessoalAdriana Aparecida da Silva foi morta a facadas em Jundiaí - Crédito: Arquivo pessoal

Indignados e revoltados, moradores de Jundiaí fizeram justiça com as próprias mãos, após linchar e matar Clayton Ribeiro, 38 anos, acusado de matar a facadas, Adriana Aparecida da Silva, 42 anos.

O crime aconteceu nesta quarta-feira, 19, na Vila Progresso. Informações da Guarda Municipal dão conta que os autores do linchamento teriam visto o autor matar a mulher.

Adriana era auxiliar de informática e estava em sua moto quando foi abordada por Clayton e em seguida levou 18 facadas. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Revoltados, moradores que presenciaram o feminicídio detiveram o acusado que trabalhava como borracheiro. Ele foi amarrado e posteriormente agredido a socos e pontapés.

Clayton chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital de Jundiaí. Até o momento não se sabe se o assassino conhecia a vítima e qual seria a motivação do crime. (com Repórter Beto Ribeiro)

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias