Menu
domingo, 29 de março de 2020
Estado

Cantor sertanejo Henrique morre após acidente no interior de São Paulo

02 Mar 2020 - 15h23Por Hojemais.com.br
Cantor Henrique (no detalhe), não resistiu aos ferimentos e morreu após mais de 20 dias internado - Crédito: (Foto: Divulgação/Informa Mais/Divulgação)Cantor Henrique (no detalhe), não resistiu aos ferimentos e morreu após mais de 20 dias internado - Crédito: (Foto: Divulgação/Informa Mais/Divulgação)

O cantor Wesley Pereira da Silva, 22 anos, mais conhecido como Henrique, da dupla sertaneja Netto e Henrique, morreu no início da madrugada desta segunda-feira (2).

Ele, que residia em Santa Salete, na região de São José do Rio Preto, estava internado no Hospital de Base de Rio Preto desde o dia 8, quando bateu o carro que conduzia na traseira de uma caminhonete em um cruzamento de Santa Fé do Sul.

O boletim de ocorrência comunicando a morte foi registrado no início da madrugada, com base em documentos do hospital, enviados para a polícia.

Neles constam que a vítima apresentava politraumatismos e não resistiu aos ferimentos, sendo a morte constatada 0h50. Por enquanto, não há informações sobre velório e enterro.

Sucesso

A dupla Netto e Henrique ficou famosa após o lançamento da música "Forçar a Barra", publicada no Youtube no dia 17 de janeiro.

No domingo seguinte ao acidente o vídeo contabilizava mais de 2,6 milhões de visualizações. Nesta segunda-feira (2), já são 3.719.602 visualizações.

Acidente

Na madrugada de 8 de fevereiro, Henrique seguia pela avenida Navarro de Andrade com um GM Classic. Quando chegava no cruzamento com a rua das Margaridas, ele bateu o carro na traseira de uma caminhonete GM A10, que estava parada aguardando abrir o sinal.

Policiais militares estavam em patrulhamento pelas imediações ouviram o barulho da batida, constataram o acidente e auxiliaram o motorista da caminhonete retirar o cantor do carro, que pegou fogo com o impacto.

Henrique estava inconsciente e foi atendido por equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que o levou para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Santa Fé do Sul.

Traumatismo

Exames apontaram trauma de face e múltiplas escoriações e foi feita a transferência para a Santa Casa da cidade. Em seguida, o paciente foi levado para o HB de Rio Preto.

Na segunda-feira seguinte ao acidente a assessoria de imprensa do hospital informou que o paciente passou por cirurgia para colocação de cateter e o estado de saúde era considerado grave, porém estável.

Segundo o site G1, o cantor chegou a apresentar melhora no quadro, teve a sedação retirada.

Já o site regiaonoroeste.com informa que o paciente teve uma parada cardiorrespiratória no sábado (29) e os médicos conseguiram realizar a ressuscitação após 14 minutos. Ele também estaria com uma infecção generalizada, que paralisou alguns órgãos.

Tristeza

A notícia da morte provocou a reação de produtores e cantores que usaram as redes sociais para manifestar apoio aos familiares e lamentar.

“Meu amigo, é muito difícil acreditar que você se foi tão cedo, um coração gigante, quanto talento, quanta humildade, quanta energia boa e tanta coisa por vir ainda. É, to aqui sem entender. Vão ficar as lembranças boas”, escreveu o produtor musical José Renato Mioto.

Hojemais.com.br

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias