terça, 05 de julho de 2022
Pequenos Olhares

De maio a julho São Carlos terá cinema infantil

Sesc São Carlos apresenta projeto de cinema infantil com várias atividades gratuitas; meta é formar um novo público

19 Mai 2022 - 08h39Por Redação
De maio a julho São Carlos terá cinema infantil - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

O Sesc São Carlos irá apresentar de maio a julho, o projeto de cinema infantil “Pequenos Olhares”, com atividades voltadas para o cinema e o universo infantil (filmes, animações e oficina) que visam a formação de novos públicos e futuros apreciadores desta cultura.

A ideia é incentivar a frequência às salas de cinema, nas unidades do Sesc e nos poucos cinemas de rua que ainda permanecem abertos em algumas cidades do país.

Emoção e reflexão. Estas são algumas das principais características do cinema. Para isso, muitas vezes, apresenta questões importantes que envolvem nossa sociedade.

A sua complexa e rica história estimula múltiplas abordagens teóricas, políticas, ideológicas, sociais, econômicas, técnicas e antropológicas, que pode nos atingir de diversas formas. Seja como lazer, entretenimento, ferramenta de impacto social, educação, libertação e muitas outras que podem mudar a vida de espectadores e realizadores. Essa forma de criação é grandiosa e ter a oportunidade de entender sua dimensão e o porquê de torná-lo mais acessível, é preciosa.

O cinema é um espaço importantíssimo para analisar a história da uma nação e para compreender as críticas de cada época. Ele forma a identidade da sua população e seu caráter engajado evidencia a situação de um país. A cultura sofre muito quando não existe acesso a qualquer tipo de arte. A falta de acesso aos cinemas, por exemplo, distancia a população de discussões de importância social e cultural.

Outro aspecto importante é a democratização do cinema, ou seja, pensar em como podemos levá-lo para mais pessoas. Sabemos por exemplo que o ingresso para as grandes redes de distribuição é extremamente caro, além disso, a quantidade de cidades brasileiras que possuem salas de exibições, são pouquíssimas. Públicos de pequenas cidades e periferias, por exemplo, têm pouquíssimo acesso às salas de cinema. 

Ainda no sentido do acesso ao cinema, do ponto de vista educacional, formar o público significa dar condições justamente para que o público infantojuvenil possa conhecer as suas produções e gradativamente consigam apreciá-las e entendê-las como linguagem, para terem condições de compreendê-la futuramente.

PROJETO PEQUENOS OLHARES

A intenção do Sesc com este projeto é tornar o cinema acessível, seja por meio da gratuidade para o público prioritário (trabalhadores do comercio de bens, serviços e turismo) e crianças até 12 anos, bem como proporcionar a participação de escolares de baixa renda do município (escolas públicas e instituições). Pretende também exibir filmes infantis ou animações somente nacionais e que não sejam consideradas do circuito comercial.

Para além do ato de assistir, o projeto também contempla, de forma lúdica, o ato de fazer cinema.

Por meio de oficina de animação, a produtora são-carlense Rocambole Produções Audiovisuais conduzirá os participantes ao universo na animação, conforme nos conta o integrante da produtora, Diego Doimo: "O cinema brasileiro no campo da animação tem uma diversidade de técnicas e de temas enormes tanto para crianças quando para o público adulto. Quando a criança descobre como os desenhos animados são feitos, um universo novo se abre. Ver, fazer, experimentar e mostrar para seus amigos é algo que aproxima a criança da arte e da ciência."

PROGRAMAÇÃO

TITO E OS PÁSSAROS

Brasil. 2018. Direção: Gustavo Steinberg, Gabriel Bitar e André Catoto. Animação.

Tito é um menino tímido de 10 anos que vive com sua mãe. De repente, uma estranha doença começa a se espalhar, fazendo com que pessoas adoeçam quando se assustam. Tito rapidamente descobre que a cura está relacionada à pesquisa feita por seu pai sobre o canto dos pássaros. Ele embarca numa jornada com seus amigos para salvar o mundo. A busca de Tito pelo antídoto se torna uma jornada para encontrar seu pai e sua própria identidade.

Dia 22/5, domingo, 10h30

Venda de ingressos. Grátis para credencial plena e crianças até 12 anos.

GAROTO CÓSMICO

Brasil. 2007. Direção: Alê Abreu. Animação.

Cósmico, Luna e Maninho vivem em um mundo futurista onde suas vidas são totalmente programadas. Uma noite, Uma noite eles se perdem no espaço, enquanto buscam obter mais pontos para ganhar um bônus na escola. Eles então descobrem um universo infinito, esquecido num pequeno circo, onde vivem novas experiências. Depois de brincar e de toda as aventuras, seus mundos enviam uma missão especial para resgatá-los.

Dia 26/6, domingo, 10h30

Venda de ingressos. Grátis para credencial plena e crianças até 12 anos.

O MENINO E O MUNDO

Brasil. 2013. Direção: Alê Abreu. Animação.

Sofrendo com a falta do pai que parte para a cidade grande, um menino deixa sua aldeia e vai descobrir o novo mundo em que seu pai mora. Se depara com um mundo fantástico dominado por máquinas-bichos e estranhos seres. Uma inusitada animação com várias técnicas artísticas que retrata as questões do mundo moderno através do olhar de uma criança.

Dia 30/7, sábado, 16h

Venda de ingressos. Grátis para credencial plena e crianças até 12 anos.

OFICINA DE ANIMAÇÃO

Com a Rocambole Produções Audiovisuais

Atividade composta por 3 atividades paralelas: animação pixilation, animação com massinha (stop motion) e zootrópio (cilindro perfurado onde desenhos sequenciados giram permitindo uma animação em loop).

Dia 30/7, sábado, das 14h às 16h

Grátis. Lugares limitados.

ONDE

Sesc São Carlos

Av. Comendador Alfredo Maffei, 700 – Jd. Gibertoni – São Carlos – SP

Informações: 16 3373-2333, sescsp.org.br/unidades/sao-carlos e em nossas redes sociais.

Leia Também

Últimas Notícias