domingo, 23 de junho de 2024
Na madrugada

Alterado, homem se recusa pagar conta em boate e faz ameaças a garota de programa e PM

Para conter o acusado, policiais militares tiveram que utilizar o "taser"; Envolvidos foram encaminhados à CPJ

24 Mai 2024 - 09h14Por Marcos Escrivani
Viatura Plantão Policial - Crédito: arquivoViatura Plantão Policial - Crédito: arquivo

Um auxiliar de serviços gerais de 37 anos deu trabalho para policiais militares na madrugada desta sexta-feira, 24, em uma boate localizada no Jardim São Paulo. Ele teria feito ameaças a uma garota de programa de 25 anos e a um PM. Foi necessário o uso de um “taser”.

Segundo consta em boletim de ocorrência, a PM foi solicitada via Copom no estabelecimento comercial onde um homem estaria alterado. No local constataram o fato e apuraram junto a gerente que ele teria feito ameaças e não queria pagar o que consumiu.

Os PMs foram tentar falar com o acusado e ele teria então ameaçado de agressão os oficiais, além de desacatá-los. Os Pms então utilizaram a arma não letal “taser” para contê-lo. Em seguida o acusado foi encaminhado à UPA Vila Prado para atendimento médico e em seguida todos encaminhados à CPJ, onde as providências pertinentes ao caso foram tomadas. 

Leia Também

Últimas Notícias