quinta, 18 de abril de 2024
Coronavírus

Ibaté registra 1º óbito por covid-19 em 2024

15 Fev 2024 - 18h24Por Da redação
Covid-19 - Crédito:  Marcelo Camargo/Agência BrasilCovid-19 - Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Secretaria Municipal da Saúde de Ibaté, por meio da Vigilância Epidemiológica, confirmou o primeiro óbito por Covid-19, neste ano, no município.
 
Trata-se de um homem de 86 anos, com histórico de comorbidades, que testou positivo para a Covid-19 no dia 14 de fevereiro, vindo a óbito na presente data.
 
O paciente tinha tomado cinco doses da vacina contra a Covid-19.
 
A Secretaria Municipal da Saúde ressalta que conforme documento técnico publicado pelo Ministério da Saúde, a partir de janeiro de 2024 a vacinação contra a Covid-19 passou a ser recomendada somente para grupos prioritários, com doses de reforço a cada seis meses ou anuais.
 
Para os grupos prioritários de pessoas de 60 anos ou mais, pessoas imunocomprometidas, gestantes e puérperas, o intervalo entre as doses é de seis meses. Já o grupo que terá o intervalo de um ano entre cada dose envolve trabalhadores da saúde, pessoas com deficiência permanente, pessoas com comorbidades, pessoas privadas de liberdade, funcionários do sistema de privação de liberdade, adolescentes e jovens cumprindo medidas socioeducativas, indígenas, ribeirinhos, quilombolas, pessoas em situação de rua, e pessoas vivendo em instituições de longa permanência (ILPI e RI) e seus trabalhadores.
 
Para se vacinar, basta ir até a Unidade Básica de Saúde mais próxima, de segunda à sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 15h, portando documento pessoal com foto e a Carteirinha de Vacinação.
 
O Programa Nacional de Imunizações (PNI) oferece vacinas seguras que possuem autorização de uso pela Anvisa, após terem demonstrado eficácia e segurança favoráveis em estudos clínicos de fase 3 amplos, e passam por um rígido processo de avaliação de qualidade antes de serem distribuídas, realizado pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) da Fundação Oswaldo Cruz, instituição responsável pela análise dos imunobiológicos adquiridos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Leia Também

Últimas Notícias