Menu
sexta, 18 de setembro de 2020
Brasil

Capitão da PM quer criar projeto para pais de adolescentes infratores

29 Set 2014 - 15h52
Capitão Jefferson Lopes Jorge - Capitão Jefferson Lopes Jorge -

O Capitão Jefferson Lopes Jorge, Comandante da 1ª Companhia da PM em São Carlos apresentou na Audiência Pública na Câmara Municipal de São Carlos o projeto de criação do curso de orientação educacional para pais ou responsáveis de adolescentes envolvidos em atos infracionais. O Oficial entrou em contato nesta semana com o conselho tutelar e solicitou agendamento de uma reunião com todas as entidades que farão parte do projeto.  

“Da análise qualitativa e quantitativa de ocorrências atendidas pela Polícia Militar, verificamos que uma quantidade expressiva relaciona-se ao envolvimento de adolescentes na prática de atos infracionais, situação agravada pela ausência de conhecimento, por parte daqueles que sobre estes detém o poder familiar, das consequências econômicas, sociais, sanitárias, legais, morais e psicológicas que são impingidas ao infrator  e à sua família em razão dos desvios comportamentais apresentados.  Em face desta realidade, é comum a reincidência no cometimento de atos infracionais, o que se não convenientemente encaminhado e tratado com a ajuda da família redundará na gênese e perpetuação de comportamentos delitivos quando o adolescente ingressar na fase adulta.   Neste diapasão, é mister que os diversos segmentos da sociedade unam forças e criem oportunidades para mudança do atual quadro, trabalhando incessantemente com o objetivo de reverter tal quadro, o que exige sinergia entre todos em busca de uma sociedade mais justa e com melhores oportunidades,  visando o bem comum”, disse o capitão.

A finalidade é colaborar com os pais (ou responsáveis) na educação dos adolescentes infratores, a fim de que estes não voltem a praticar atos infracionais, bem como evitar que toda a família do adolescente infrator (irmãos, pais etc.) convivam com uma realidade perniciosa e alimentada por atos ilegais por ele praticado.
        
O projeto implantado deverá ter a participação da Prefeitura Municipal de São Carlos, Polícia Militar,  Ministério Público,  Poder Judiciário,  Conselho Tutelar, com apoio e supervisão do Conselho Municipal dos direitos da criança e do adolescente, Conselho Comunitário de Segurança e outros segmentos da sociedade, mediante adesão voluntária ao projeto, cada qual com suas respectivas funções.

O Capitão Jefferson afirma que trouxe esse projeto da cidade de Batatais, onde o Capitão da Polícia Militar que idealizou esse projeto conseguiu reduzir significativamente as ocorrências criminais envolvendo os menores.
         
O projeto já está pronto, constando todas as palestras e formas de atuação e o Capitão Jefferson já encaminhou para apreciação das autoridades envolvidas. “Precisamos implantar esse projeto em São Carlos que com certeza será mais um instrumento de redução da criminalidade em nossa cidade”, finalizou o Comandante.   

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias