Menu
sábado, 15 de dezembro de 2018
Polícia

SSP aponta a zona sul como a mais violenta em São Carlos

13 Ago 2014 - 11h04
Capitão da PM disse que houve redução no número de assaltos nos últimos meses. - Capitão da PM disse que houve redução no número de assaltos nos últimos meses. -

Os levantamentos policiais apontam que a região sul de São Carlos é a mais violenta. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado de São Paulo que nos seis primeiros meses de 2014 pesquisou cerca de 20 quesitos que medem a violência em cada município paulista.

POLÍCIA MILITAR

O capitão Jefferson Lopes Jorge, comandante da 1ª Companhia do 38º Batalhão de Polícia Militar disse que no primeiro semestre os números de roubos aumentaram em todo estado de São Paulo, mas segundo ele a PM realiza um mapeamento dos locais de crimes e com o reforço policial constatou-se uma diminuição nos roubos. Ele diz que um dos fatores são os números de prisões realizadas pela PM em São Carlos. "Nos levantamentos semanais do mês de Julho que já está fechado e temos a estatística do segundo semestre constatamos uma diminuição de 5,56 % nos crimes de roubos que é o que mais nos preocupa, pois há violência psicológica e física contra a vítima". O comandante da PM também falou sobre os números da produtividade policial que começa a crescer no segundo semestre. "Somente nos 31 dias do mês de julho 76 pessoas foram presas em flagrante pela Polícia Militar. Foi um aumento de 59% em relação ao mesmo período de 2013, quando 51 pessoas também foram flagradas cometendo crimes". apreendidos em atos infracionais e no tráfico de drogas, principalmente na região sul de São Carlos.

DEJEM/DELEGADA

Jéfferson diz que outro fator para queda dos roubos está sendo o emprego da Diária Especial por Jornada Extraordinária de Trabalho Policial Militar (DEJEM). A cidade de São Carlos ganhou um reforço em seu efetivo policial e o programa permite que as unidades da Polícia Militar empreguem policiais militares para trabalharem voluntariamente em seus horários de folga e possam receber uma remuneração adicional em seus salários. Ainda segundo ele o programa Atividade Delegada que é um convênio entre Governo do Estado e a Prefeitura Municipal de São Carlos está contribuindo para a redução de indicadores criminais no município.

LEIS FRACAS E DESATUALIZAÇÃO

Cidade Aracy: número de assaltos aumentou no bairro.O comandante da PM no município culpa as leis fracas e desatualizadas no aumento da violência. "A culpa de não termos ainda mais redução de certos crimes na legislação brasileira enquanto a população não pressionar os nossos legisladores, os nossos deputados e os senadores para mudar as leis as policias continuaram trabalhando, mas, em determinados momentos enxugando o chão com a torneira aberta, essa é a grande verdade", desabafou o comandante da 1ª companhia da Polícia Militar de São Carlos.

REGIÃO SUL

Os roubos ocorreram com mais frequência na área sul da cidade: de janeiro a julho foram 217 casos. Os roubos e furtos de veículos ficaram na segunda colocação perdendo apenas para regiões central e oeste que registraram 95 casos. Os crimes de latrocínio (matar para roubar) apresentaram dois casos na área sul da cidade e os furtos a residências, estabelecimentos comerciais e transeuntes também ficaram em segundo e novamente perdendo para regiões central e oeste que registraram 387 crimes. As prisões pelos crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de armas de fogo também foram superiores na área sul.

POLÍCIA CIVIL  

Vamos procurar aprimorar, aumentar o nosso trabalho para que a criminalidade diminua cada vez mais, disse o seccional Rogério Fakhany Vita.O delegado seccional de São Carlos Rogério Fakhany Vita disse que os trabalhos estão adiantados e três pessoas que realizam assaltos e atiravam em comércios e chegaram a balear uma vítima na região sul de São Carlos já estão identificados e um está preso e dois adolescentes estão custodiados no NAI e a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) está trabalhando com os Distritos Policiais para esclarecer o mais rápido possível os crimes, principalmente de roubos. Ele confirmou que a região sul de São Carlos sofreu com os aumentos de roubos, porém o seccional informou que o trabalho de investigação e prisão dos responsáveis por estes crimes estão adiantados e os números já começaram a baixar nos meses de junho e julho. Ele também informou que o trabalho da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) no combate ao tráfico de drogas, principalmente na zona sul vem se intensificado e o 2º Distrito Policial recebeu dois novos policiais e as investigações também estão adiantadas. Rogério diz que a cidade conseguiu a diminuição nos crimes de homicídios. Um dos fatores segundo ele foram as apreensões de armas de fogo em operação policiais. "A Polícia Civil de São Carlos está mais participativa está tendo atuando mais também no preventivo especializado com mandados de busca, com pedidos de mandados de prisões temporários, enfim você só combate a criminalidade dando uma resposta, então isto a Polícia Civil tem procurado fazer e eu estou satisfeito com os resultados. Vamos procurar aprimorar, aumentar o nosso trabalho para que a criminalidade diminua cada vez mais".

Áudio: Delegado Seccional de São Carlos Rogério Fakhany Vita diz que as operações da Polícia Civil e as investigações estão sendo intensificadas - Entrevista Pedro Maciel.

Áudio: Capitão Jefferson Lopes fala da queda dos índices da violência em São Carlos - Entrevista Pedro Maciel

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias