Menu
segunda, 17 de dezembro de 2018
Polícia

Policiais rodoviários disputam torneio de técnicas em Araraquara

28 Set 2008 - 12h03Por Redação São Carlos Agora
Policiais rodoviários disputaram ontem a 1ª Etapa do Torneio Técnico Operacional dentro do pavilhão da Facira, em Araraquara sob o comando do 3º Batalhão da PR. A blitz simulava uma abordagem a um motorista e um assaltante ligados ao roubo de carga e para isso três policiais sorteados minutos antes tinham que seguir uma série de regras para a vistoria aos suspeitos e ao caminhão. Quem errasse perdia pontos. Outras três etapas serão realizadas nas próximas semanas até a disputa estadual no final do ano.O capitão Márcio Rogério Simplício, comandante da 1ª Companhia de Policiamento, o qual engloba São Carlos explica que a técnica é simples. São seis policiais selecionados de cada região e três deles são sorteados aleatoriamente obedecendo aos critérios de um motorista, um encarregado e um terceiro homem. Esse último fica no banco de trás e sempre atrás do motorista. “Cada um tem sua missão previamente acertada e, independente do parceiro, as técnicas são as mesmas.Participaram do duelo sobre as técnicas policiais representantes da região de Rio Claro, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, além de Araraquara. Usando um pavilhão aberto, um policial simulou ser o motorista e o outro o assaltante. O falso ladrão, inclusive, escondia uma arma no corpo. Alguns policiais encontraram a arma outros deixaram passar. Todos encontraram um outro revólver escondido na cabine do caminhão e grande maioria seguiu as regras.“O pessoal fica mais nervoso aqui do que na rua e isso serve para testá-los. Teve gente que esqueceu de puxar o nome dos suspeitos e isso gera perda de pontos”, destaca o capitão. Para avaliar os policiais rodoviários vários requisitos foram levados em consideração, entre eles, confirmar o número de pessoas no caminhão, sinalizar bem a parada e posicionar corretamente a viatura. “Se o policial estaciona errado na rodovia pode vim um outro carro e bater atrás.”Na lista de pontos ainda estava o posicionamento da das armas. Segundo a PR, ela só deve estar realmente apontada quando existe risco e comprovada a suspeita. Foi avaliado ainda o tipo de abordagem e checagem de nomes, placas, origem da carga, tacógrafo e outros pontos cotidianos do dia-a-dia dos policiais rodoviários. “As equipes devem sempre obedecer uma série regras e normas operacionais padronizadas pela PM”, afirma o capitão.O torneio continua com outras atividades. Em Ribeirão Preto vai acontecer a fase de abordagens em carros comuns, em Rio Claro será montada uma pista com aplicação de tiro e simulando uma área semelhante a favela e, em São José do Rio Preto, os policiais testarão seus conhecimentos em vistorias a pedestres. A fase estadual do torneiro não tem data definida. Ela deve ser realizada no final do ano.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias