Menu
sábado, 25 de setembro de 2021
Pet animais

Gatinho Romeu, com queimaduras de 3º grau, luta para sobreviver

Animal de estimação sofreu ferimentos após conseguir escapar de incêndio em terreno no Jardim Tijuca

21 Set 2017 - 14h07
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação -

O gatinho Romeu de apenas 2 anos vítima de um incêndio criminoso em um terreno abandonado, luta para sobreviver. Internado em uma clínica, sofreu queimaduras de 3º grau. Está com feridas expostas e com várias lesões pelo corpo.

O animal de estimação se acidentou na tarde desta quarta-feira, 20, quando se sentiu acuado e na tentativa de fugir das chamas, acabou sofrendo queimaduras.

No início da tarde desta quinta-feira, 21, a reportagem do São Carlos Agora entrou em contato com a proprietária de Romeu, um gato persa e castrado. Emocionada, contou o ocorrido e demonstrou uma profunda tristeza. "Cuidamos dele como se fosse um filho", iniciou a entrevista a auxiliar administrativa Mirian Rosales da Silva Caceta, residente na rua Luís Alberto Marchesin, no Jardim Tijuca.

Ela reside ao lado de um terreno municipal com aproximadamente 60 metros de comprimento. "Aqui é um depósito de entulho e lixos diversos. Sem contar que o mato está alto. Há muito vento e a umidade do ar está muito baixa. Com frequência, pessoas colocam fogo no local e por várias vezes já pedimos providências. Mas nada foi feito até agora", lamentou.

INCÊNDIO TRÁGICO

Na tarde desta quarta-feira, Miriam disse, que as consequências do incêndio foram trágicas. Segundo ela, o gatinho Romeu escapou por um vão que há no portão e foi no mato no momento em que atearam o fogo. "Ele deve ter se sentido acuado e na tentativa de fugir das chamas,acabou queimando o corpo. Queiro deixar claro que ninguém ateou fogo no meu gatinho. Ele foi vítima da ação insensata de alguém que colocou fogo no terreno", explicou.

Miriam, disse ainda, que Romeu conseguiu sair sozinho do terreno com várias queimaduras. Ferido, deitou embaixo de um carro estacionado na rua.

"Fiquei desesperada. Chamei meu marido e levamos ele em um clínica. Mas o veterinário disse que estava muito debilitado e, que de imediato, não poderia fazer nenhum procedimento, pois teria que esperar estabilizar os ferimentos. Mas, antecipou que as queimaduras eram de terceiro grau", lamentou Miriam. "Hoje o Romeu está internado. Corre risco de morte, mas está estabilizado", emendou.

ALERTA

Miriam disse que está preocupada. "O Romeu é caseiro. Por ser castrado, é um gatinho tranquilo. Mas neste fatídico dia, escapou", disse.

Entretanto ela deu outros exemplos sobre o perigo das queimadas. "Este terreno ao lado da minha casa é imenso. Será que não morreu animais silvestres? E se tivesse uma criança no terreno? O vento e o clima seco fez as chamas se alastrarem rapidamente. É muito perigoso e isso me preocupa muito", finalizou a auxiliar administrativa.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias