Menu
domingo, 27 de setembro de 2020
Próxima Viagem

Os parques ecológicos de Extrema/MG

06 Out 2018 - 06h59Por (*) Eduardo Henrique Ferin da Cunha
Os parques ecológicos de Extrema/MG - Crédito: Eduardo Henrique Ferin da Cunha Crédito: Eduardo Henrique Ferin da Cunha

A CIDADE DE EXTREMA

Por que Extrema? Porque é o ponto mais ao sul do estado de Minas Gerais. Esse pequeno município de cerca de 30.000 habitantes tem realizado um excelente trabalho de desenvolvimento turístico. Ao visitar o Centro de Informações Turísticas na Praça Presidente Vargas, recebi muitas informações e por termos pouco tempo (apenas meio período) resolvemos focar em dois atrativos: o Parque Municipal Cachoeira do Jaguari e Parque Municipal Cachoeira do Salto.

Conhecemos também o Santuário Santa Rita de Cassia, uma bela igreja que iniciou sua construção em 1832 (ainda como capela). Lá estava acontecendo o Festival Sabores da Roça, mas não pudemos ficar.

PARQUE MUNICIPAL CACHOEIRA DO JAGUARI

Caminhando pelas trilhas muito bem sinalizadas e margeando o rio Jaguari, observamos várias quedas d’água e os sons da natureza. O local é muito seguro, pois tem proteção e decks para observar as cachoeiras, entretanto não é permitido entrar na água devido às fortes correntezas. O parque funciona de 2ª à domingo das 8h às 18h e a entrada é grátis.... Ah, ia esquecendo: dentro do parque funciona o restaurante e choperia “Extremosa”!

PARQUE MUNICIPAL CACHOEIRA DO SALTO

Assim como o outro parque, a Cachoeira do Salto tem as mesmas características e infraestrutura, com acesso à cachoeira. É possível caminhar sobre as pedras e ouvir o som da natureza e das quedas d’água, entretanto também não é possível entrar na água devido às fortes correntezas. O parque funciona de 2ª à domingo das 8h às 18h e a entrada é grátis. É um pouco afastado da cidade.

A BELEZA DAS ESTRADAS RURAIS

Ao sair do último parque (Cachoeira do Salto) seguimos em destino à Monte Verde, porém ao invés de retornarmos à cidade seguimos por uma estrada de terra de aproximadamente 30km, com uma paisagem deslumbrante: margeando o rio Jaguari encontramos um cenário típico do interior de Minas, com vários pequenos comércios e paradas obrigatórias para fotos de quedas d’água.

Extrema tem ainda outros roteiros e a cidade as organizou em cinco rotas: a) Rotas das Rosas, Rota das Pedras, Rota das Águas, Rota do Sol e Rota dos Ventos, cada qual para um perfil de público. Mais informações acesse: www.extrema.mg.gov.br ou www.extrematur.com.br

Faço um convite para visitar o meu site: www.caminhosdoturismo.com.br ou acompanhar as minhas redes sociais: facebook.com.br/sitecaminhosdoturismo e instagram.com/caminhosdoturismo. Assista também aos vídeos no meu canal no youtube.com/caminhosdoturismo.  Nelas vocês vão encontrar dicas de atrativos turísticos, hospedagem, gastronomia, enologia e eventos.

Qual é a sua próxima viagem? Programe-se!

SOBRE O AUTOR

Eduardo Henrique Ferin da Cunha, Mtb nº 0081757/SP, 42 anos, casado com Aline Luz, pai de uma menina de 18 anos, a Gabrielle. Apaixonado por viagens, vinhos, gastronomia e fotografia. Graduado em Marketing pela Universidade Paulista, pós-Graduado em Gestão de Marketing pela Unicep São Carlos; em Educação Profissional e em Gerenciamento de Projetos - Práticas do PMI pelo Senac São Paulo. Possui extensão em Gestão do Terceiro Setor, Desenvolvimento Local, Rede Social pelo Senac São Paulo e The Johns Hopkins University. Tem formação em Turismo Sustentável e Desenvolvimento Local e em Áreas Rurais pelo Centro Internacional de Formação da OIT Turim. Atua como mediador, agente de desenvolvimento local e em projeto de Regionalização de Turismo em 21 cidades do Estado de São Paulo. Experiência em Desenvolvimento Turístico, Marketing, Empreendedorismo, Gestão de Projetos Sociais, Rede Social, Desenvolvimento Local e Responsabilidade Social Empresarial.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias