Menu
segunda, 21 de setembro de 2020
Seja Mais

O coaching e o fim da ANSIEDADE

31 Jul 2018 - 05h33Por (*) Ju Ferraz
O coaching e o fim da ANSIEDADE -

Como saber se estou realmente ansioso(a) ou se estou apenas passando por um momento difícil e preciso aprender a lidar com ele?

Ansiedade apresenta alguns sintomas como excesso de preocupação, medo do futuro, tensão desenfreada diante dos desafios da vida, sensação de acúmulos internos “gritando” dentro da mente o tempo todo e refletindo diretamente no corpo com diversas reações (alergias, estresse constante, tristeza e muitos outros).

Como controlar a ansiedade já que vivemos em uma era tecnológica onde tudo acontece muito rápido, os dias parecem ser curtos demais para darmos conta de tudo que precisamos fazer e chegamos ao fim do dia com sensação de que mesmo fazendo tudo, nada fizemos?

O desprazer que gera a ansiedade tem vínculo com a possibilidade de perceber que não será possível alcançar as expectativas definidas em sua vida pessoal, em seu trabalho, com seus amigos, com sua família e em sua saúde. O fim da ansiedade se dá a definição de metas claras que realmente o(a) leve a transformar seus objetivos em resultados palpáveis e possíveis.

Os conhecimentos e técnicas inovadoras de coaching permitem você, incontestavelmente, eliminar a ansiedade. O enfoque principal é o autoconhecimento, autoconsciência e vontade verdadeira em querer transformar sua vida.

O cliente ou coachee irá refletir e entender quais realmente são suas habilidades e capacidades, para a partir daí permitir rumar a ações que valorizem suas reais capacidades focando no que realmente importa para que seus objetivos se concretizem no tempo correto, permitindo apenas o que é relevante para que permaneça em seus objetivos, compreendendo que tudo o que consegue realizar é de acordo com as próprias forças e habilidades.

Com isso, o cliente ou coachee percebe que a ansiedade só irá se alojar quando ele aceita mais ações ou atividades do que pode realmente suportar. Com a definição de objetivos e prioridades para que a pessoa se torne realmente plena e segura de si mesmo, fazem com que o caminho seja alinhado com passos planejados de acordo com a disponibilidade de urgência para chegar a seus sonhos.

Segue um simples teste que te fará refletir se você está imerso na ansiedade, responda com sinceridade para você mesmo:

-Qual seu grau de satisfação com a vida? Busca superar e aprender com os desafios ou fica só reclamando ou se queixando ao invés de buscar uma solução?

-Você sente palpitações ou falta de ar, sem motivo aparente?

-Depois de um dia de muito estresse, você costuma fazer o que? Sair para relaxar, ouvir uma música mais tranquila, respirar fundo ou chegar em casa e descontar todo estresse acumulado na família, nos animais de estimação?

-Você tem problemas para dormir? o que faz para relaxar?

De acordo com suas respostas, saberá se você está hoje ansioso ao extremo ou consegue se controlar durante o dia e aprender sempre com tudo que passa em sua vida. Viver é conhecer pessoas que vivem com alegria no coração e na alma, que exala paz de seu interior. Experimente realmente VIVER, que com certeza a ansiedade não terá lugar para se alojar em você.

Segue algumas dicas para acabar com a ansiedade e estresse

-Buscar o autoconhecimento sempre

-Praticar exercícios físicos

-Respirar fundo algumas vezes no dia

-Fazer algum no seu dia que te dê prazer (pode usar 5 minutos para isso)

-Viver a vida com amor, usando seus dons naturais para apoiar alguém que necessite.

Realmente busque viver o momento presente, que a tranquilidade fará parte de sua vida e tudo de bom começará a se transformar muito antes do que imagina.

(*) A autora é Coach, Palestrante, Analista Comportamental, da cidade de São Carlos, graduada em Administração de empresas, no Centro Universitário de Araraquara, pós em gestão de produção pela UFScar, Coaching pela SLAC - Sociedade Latino Americana de Coaching. Contato e sugestões: faleconosco@saocarlosagora.com.br

Esta coluna é uma peça de opinião e não necessariamente reflete a opinião do São Carlos Agora sobre o assunto.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias