quinta, 23 de maio de 2024
Colunistas

Futebol Arte: bate-papo com o Corneta Europa sobre valorização do futebol daquele continente no Mundo

19 Fev 2015 - 14h56Por Leonardo Cantarelli/Colunista
Keirisson no Barcelona: um exemplo de supervalorização no futebol - Keirisson no Barcelona: um exemplo de supervalorização no futebol -

Neste meu retorno ao São Carlos Agora trarei nas primeiras postagens debates sobre jornalismo esportivo, Internet, humor e claro, futebol.

Esta publicação traz um bate-papo com um dos personagens mais engraçados do Twitter, o @cornetaeuropa que tem mais de 17 mil seguidores. No Facebook, em sua página, há mais de 3 mil curtidas.

Se voltarmos à década de 90, lembraremos que eram raros os jogos de clubes europeus nas televisões brasileiras. Apenas algumas transmissões de Campeonato Espanhol e Italiano. Depois veio o Inglês e o Alemão. Mas apenas dos principais clubes de cada país.

Atualmente  se ficarmos só no exemplo da Inglaterra, há transmissões, mesmo que em canais fechados da TV, não só de partidas da Premier League (de quase todos os jogos de uma rodada no final de semana), como da Copa da Liga, Copa da Inglaterra e até da Série B. É muito jogo!

Temos ainda a Copa Itália, Copa del Rey, a Liga Europa e a Champions League (o principal torneio daquele continente).

Sim, é legal ver jogos de outros países, conhecer outros clubes, modo de jogar, saber características de outros atletas e etc. Mas será que todos os jogos das principais ligas são bons, como se tentam vender?

Paralelo a isso, a Internet ficou popular e surgiram as redes sociais. Nelas conseguimos ver ainda mais jogos e debater com desconhecidos sobre futebol e outros assuntos. Nesse meio, surgiu o Corneta Europa, talvez o perfil mais engraçado que critica e debocha sobre o futebol jogado no Velho Mundo.

Na minha opinião, mesmo que haja mais piada que crítica, gosto de ler as postagens, pois faz pensarmos diferente da média popular.

Neste bate-papo o Corneta Europa conta como surgiu a conta, seus objetivos e prefere seguir no anonimato como deixa implícito na conversa.

Confira:

1)Como e quando surgiu o personagem Corneta Europa? Esperava que fosse ter tanta repercussão?

A ideia surgiu através do @cornetacolorada, do Internacional, que era muito engraçado dando as notas aos jogadores no fim das partidas. Sempre achei meio supervalorizado o tratamento dado ao futebol da Europa, e até engraçada e ufanista ao contrário. Nunca tive maior pretensão além de dar umas risadas. Mas se as pessoas que seguem também se divertem, melhor ainda. 

2) Em qual rede social suas postagens rendem mais?

Acho que no Facebook porque há mais gente lá, embora eu poste pouca coisa. Meu negócio é mais no Twitter mesmo.

3)Pelo Twitter, percebe-se que 'corneta'  muito o futebol europeu e com uma dose de humor. Sua intenção é só cornetar com humor ou fazer criticas mesmo?

Dar umas risadas é o maior objetivo. Mas acaba sendo meio "crítica", pois o pessoal que curte futebol europeu se leva muito a sério e toda hora acontece uma "brasileirice" lá, seja violência em estádio, jogador cavando falta, técnico demitido, etc. Futebol europeu não está numa redoma.

4) Apesar de cutucar o futebol europeu, nota-se que você o acompanha, pois fala sobre os campeonatos nacionais e a Liga dos Campeões da Europa.  Você gosta de ver o futebol do Velho Continente? O que de fato te incomoda na Europa?

Eu gosto de futebol, assisto qualquer troço que esteja passando. Não gosto é da supervalorização. Achar que qualquer jogador meia boca é bom só pelo fato de estar no Manchester City, sem perceber que se aquele cara fosse brasileiro, estaria num Criciúma ou algo assim. O fato que antigamente as TVs transmitiam só os jogões e alimentavam essa impressão. Mas hoje com tanta TV e tanto campeonato, emissoras são obrigadas a passar um Málaga x Rayo Vallecano da vida e nem é preciso ser muito crítico pra perceber que é muita ruindade.

5) Falando um pouco sobre futebol sul-americano e brasileiro, o que acredita que este tem a aprender com a Europa e vice-versa?

Os clubes deveriam vender-se melhor como fazem os europeus, para esses mercados sem expressão. Em termos de federação não tem muito o que fazer pois CBF e CONMEBOL são um lixo. Não tem como negar que é muito legal os estádios lotados na Europa (principalmente na Bundesliga e no Inglesão). Quem dera o Brasil conseguisse isso, porque claramente as torcidas de massa daqui são muito mais legais. 

6) Já teve problemas com torcedores ou até jornalistas sobre suas piadas em relação ao futebol europeu? Há pessoas que se sentem ofendidas com o que você publica?

Acho que se ofender com zoeira a clube europeu é muito falta do que fazer. Sou bloqueado no twitter pelo Mauro César Pereira (jornalista), mas quem não é?

7) Seus principais alvos são Carlos Puyol e Marouane Fellaini. Por quê os corneta tanto e crê que são tão ruins assim?

Porque os dois são péssimos pelo custo benefício. Não estou dizendo que eles não servem pra nada, mas ambos são nível Villarreal. O Barcelona eternamente precisa de um cara catalão pra ser a cara do time. Puyol teve a sorte de ser esse cara durante 10 anos. 

8) Que outros jogadores pensa que são uma enganação no futebol, tanto europeu como de qualquer outro continente?

Mais fácil eu fazer uma lista de quem NÃO É uma enganação. Meu favorito do momento é o volante Nainggolan da Roma, que só passa a bola pro lado e bate sem parar e daqui será vendido por 'zilhões' de dólares pra um time inglês. No Brasil, Ganso sem dúvida é o quiabo que geral trata como moranguinho.

9) Por fim, sei que não gosta de revelar a identidade, mas poderia ao menos dizer aonde mora e qual a profissão?

Eu sou porteiro de resort em Porto de Galinhas. 

O texto acima é de responsabilidade do colunista e não necessariamente expressa a opinião do portal São Carlos Agora.                                                   

http://media.saocarlosagora.com.br/uploads/top_cantarelli.jpg

 

Leia Também

Últimas Notícias