terça, 28 de maio de 2024
Colunistas

Coluna de Eduardo Ferin: A Rede Social como estratégia de indução ao Desenvolvimento Local

18 Ago 2015 - 16h55Por Eduardo Ferin - Colunista
0 - 0 -

No artigo anterior publicado, falei sobre o que é Rede Social, e agoracomentarei sobre a promoção do Desenvolvimento Local através das articulações e dotrabalho da Rede Social.Antes, porém convém conceituar o que é Desenvolvimento Local. De acordo com JorgeDuarte (2007 "éum conceito microsocial que agrega os resultados de todas as organizações privadas,públicas e sociedade civil organizada de um território, orientadas para a promoção dasdimensões e dos fatores econômicos, humanos, sociais e ambientais".

Muita gente confunde Desenvolvimento Local com "Progresso Econômico" e acha quese um país ou uma localidade cresce economicamente, esse será um local desenvolvido.Isso não reflete o Desenvolvimento Local, tanto é que hoje, o Brasil ocupa o 9º lugarmundial com maior PIB (Produto Interno Bruto), segundo o Ministério da Fazenda eapenas o 70º colocado no índice IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), atrás depaíses como Argentina, Trinidad & Tobago, Líbia, Albânia, segundo o PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento). Isso mostra então que énecessário se preocupar também com outros aspectos como: aspectos sociopolíticos,aspectos ambientais.

Quando uma comunidade se preocupa em promover o desenvolvimento, ela estágarantindo uma melhor qualidade de vida para as pessoas e da localidade (seja elabairro, cidade, região ou país) e também do convívio social, reduzindo as desigualdadessociais, fomentando a economia local e preservando o meio ambiente. Para querealmente aconteça o desenvolvimento de uma localidade, muitos fatores sãonecessários. Esses fatores, que chamarei de Capital, podem vir de várias formas. Essespodem ser: Capital Físico, Capital Financeiro, Capital Natural, Capital Humano eCapital Social. Uma localidade pode ter muitos recursos financeiros, mas não distribuiradequadamente essa riqueza. Outra localidade pode ter um grande capital natural (rios,praias, cachoeiras, prédios históricos), mas não explorar esse atrativo ou até mesmoexplorar de forma predatória, sem se preocupar com a sustentabilidade. Outra localidadeainda pode ter recursos financeiros, mas uma população (capital humano) que não temacesso à educação, saúde, alimentação, ou até mesmo que não se motivam a buscar essainteração social. Quando todos esses capitais estão equilibrados e atuando de formaintegrada e somado a isso há uma boa convivência e relações entre as pessoas, umexcelente nível de organização comunitária (bases do Capital Social) diz que nessalocalidade acontece o Desenvolvimento Local. Desta forma, a Rede Social pode seruma grande estratégia de indução ao Desenvolvimento Local, pois ela é um espaço ondecomunidade, poder público e setor privado se encontram e juntos podem planejar ofuturo de uma localidade.

(*) O autor é graduado e pós-graduado em Marketing com especialização em Educação Profissional. Atua como mediador da Rede Social São Carlos e Itirapina e da Região Turística Serra do Itaqueri, assessor do processode Desenvolvimento Local nessas cidades e especialista em Rede Social, Desenvolvimento Local, Marketing, Responsabilidade Social Empresarial, Gerenciamento de Projetos, Gestão de Organizações Sociais pela "The Johns Hopkins University" e Turismo Sustentável pela OIT Turim - contato: eduardo.hfcunha@hotmail.com

As informações acima são de total responsabilidade do autor.

Leia Também

Últimas Notícias