Menu
segunda, 06 de dezembro de 2021
Qualidade de Vida

Cefaleia Tensional

29 Nov 2018 - 06h50Por (*) Paulo Rogério Gianlorenço
Cefaleia Tensional -

As dores de cabeça são companheiras freqüentes hoje em dia, diversos tipos são descritas, 1 de junho é o dia nacional de combate à cefaleia, justificada pelo ritmo de vida acelerado que gera estresse, ansiedade, depressão, tensão constantes, insônia, que muitas vezes, culmina o incômodo que destrói o bem-estar, a qualidade de vida e o sossego de muitos. A mais comum é, sem dúvida, a cefaleia tensional dor parecida com a sensação de aperto, pressão na cabeça, que só ao toque já gera dor.

cefaleia tensional é geralmente uma dor difusa, de leve a moderada intensidade em sua cabeça, muitas vezes descrita como a sensação de uma faixa apertando o crânio, a cefaleia tensional é o tipo mais comum de dor de cabeça, e suas causas não são bem compreendidas, A cefaleia tensional é um tipo de dor de cabeça que é causada pela rigidez dos músculos do pescoço, das costas e do couro cabeludo, devido a diversos fatores como má postura, estresse, ansiedade ou uma noite mal dormida.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cefaleia, cerca de 40% a 74% dos brasileiros sofrem com cefaleia tensional. A cefaleia tensional pode ser episódica (menos de 15 dias por mês) ou crônica (mais de 15 dias por mês), as dores de cabeça podem durar entre 30 minutos e vários dias, colocando em declive sua qualidade de vida, a episódica infreqüente 12 dias episódica freqüente 12 á 180 dias e crônica mais de 180 dias a cefaléia se divide em 3 grupos citados a cima.

As mulheres são as mais acometidas e normalmente as de 30 a 40 anos, estudos epidemiológicos apontam a presença marcante da episódica de 12 dias que acomete 87% da população. A dor tende a vir e passar rápido em alguns casos, porém, pode durar até dias, o que indica algo de errado.

Não há uma causa única para dor de cabeça tensional, este tipo de dor de cabeça não é uma característica hereditária que ocorre em famílias. Em algumas pessoas, dores de cabeça de tensão são causados pela contração involuntária e crônica de músculos na parte de trás do pescoço e do couro cabeludo, este tipo de dor de cabeça normalmente surge após períodos de grande estresse físico ou emocional, acompanhada de cansaço e, geralmente durante cerca de 30 minutos.

Essa tensão muscular pode ser causada por Repouso insuficiente, Má postura, Estresse emocional ou mental, incluindo depressão, Ansiedade, Cansaço, Fome, Excesso de exercícios. A cefaleia tensional episódica geralmente acontece por uma situação estressante isolada ou um acúmulo de estresse. Estar exposto ao estresse diariamente pode levar à cefaleia tensional crônica.

A cefaleia tensional episódica geralmente acontece por uma situação estressante isolada ou um acúmulo de estresse. Estar exposto ao estresse diariamente pode levar à cefaleia tensional crônica, alguns fatores desencadeantes são, Álcool, Cafeína (em excesso ou abstinência), Gripe e resfriado, Problemas odontológicos como bruxismo, Fadiga visual, Fumo em excesso, Fadiga, Congestão nasal, Esforço excessivo, Sinusite.

Crianças, adultos e adolescentes estão sujeitos ao desconforto, conforme o enaltecido, muitas vezes pode ser um problema momentâneo, mas, caso o quadro vá além do normal, é aconselhável que se procure um cirurgião dentista ou médico para melhor avaliação. Dentre os vários tratamentos indicados para a cefaleia incluindo intervenções médicas, sobretudo neurológicas, por meio de remédios, como analgésicos, algumas pessoas com cefaleia tensional não procuram atendimento médico e tentam tratar a dor por conta própria, o uso repetido de medicamentos analgésicos pode realmente causar dores de cabeça ainda piores, é indispensável procurar ajuda médica para seguir as melhores orientações possíveis.

As sessões de fisioterapia também podem ser muito importantes em alguns casos para alongar os músculos da região do pescoço e da cabeça, facilitando o relaxamento e melhorando a circulação sanguínea para o local que reduz o surgimento dos sintomas.

Algumas medidas podem ser adotadas para evitar crises de cefaleia tensional ou ajudar no tratamento das dores: Evite a automedicação, Mude os hábitos que causam dor, como dieta ou estresse, Não fique esperando a dor passar, o ideal é seguir o tratamento indicado na consulta médica, Faça uma compressa quente ou fria, o que aliviar a sua dor, Mantenha a postura correta, isso pode ajudar a evitar tensões que causam a cefaléia.

Como a cefaleia tensional é muito comum, o seu efeito sobre a produtividade do trabalho e qualidade de vida é considerável, principalmente quando o quadro é crônico. A dor freqüente pode torná-lo incapaz de participar das atividades de vida diárias e talvez você precise faltar ao trabalho ou, se você for a sua capacidade para exercer a função fique prejudicada, pratique atividades físicas, Mantenha uma dieta equilibrada, Tenha bons hábitos de sono, Não fume, Beba muita água, Limite o consumo de álcool, cafeína e açúcar, Siga as orientações médicas.

(*) O autor é graduado em Fisioterapia pela Universidade Paulista Crefito-3/243875-f Especialista em Fisioterapia Geriátrica pela Universidade de São Carlos e Ortopedia.

Esta coluna é uma peça de opinião e não necessariamente reflete a opinião do São Carlos Agora sobre o assunto.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias