Menu
domingo, 26 de setembro de 2021
Colunistas

Artigo Paulo Cereda: Boas notícias no cenário econômico projetam bom momento para o empreendedorismo!

26 Set 2017 - 09h41Por (*) Paulo Cereda
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação -

O Copom (Comitê de Política Monetária) divulgou em sua 209ª ata boas notícias a respeito do desempenho de nossa economia, a saber:

Ø  Inflação - A projeção para a inflação até o final de 2017 está em 3,3%, novamente sendo corrigida para uma tendência de baixa. Essa mesma projeção com tendência de revisão para baixo manteve-se para 2018, com 4,4%;

Alguns fatores contribuem para esta expectativa. Dentre os principais podemos destacar os preços dos alimentos e dos produtos industrializados que estão deflacionados e deverão manter-se baixos ao longo de 2017 e de 2018. Com relação aos alimentos, as notícias são boas também com relação ao clima. Especialistas afirmam que nossa primavera e verão serão normais, sem os efeitos climáticos do El nino ou da La nina. Isso dá maior previsibilidade para o regime das chuvas e consequentemente contribui para um melhor planeamento.

 

Ø  A inflação "domada" abre espaço para a queda da Taxa SELIC, com projeções para 7,25% até final de 2017 e de 7,0% ao longo da maior parte de 2018. Muito embora a SELIC mostre tendência de queda, os juros para as pessoas físicas e jurídicas no mercado financeiro ainda resistirão a cair, isso devido às incertezas quanto ao futuro político das reformas à elevada inadimplência. Contudo, juros mais baixos reduzem a pressão no caixa das contas governamentais e têm impacto na remuneração de títulos financeiros, tornando mais interessante o investimento em atividades produtivas.

 

Ø  Por fim, o emprego apresentou saldo positivo novamente e o Estado de São Paulo apresentou o melhor desempenho com saldo positivo de 17.320 novas vagas no mês de agosto. Ao todo foram 376.660 admissões e 359.340 desligamentos, ou seja, um crescimento de 0,14% em relação ao mês anterior, conforme dados do CAGED. Outra boa notícia nesse campo é o saldo acumulado ao longo do ano com 108.393 novas vagas, um crescimento de 0,91% em relação ao estoque de dezembro de 2016.

O emprego em recuperação, inflação em baixa junto com os juros, mostram que o processo de estabilização econômica está consolidado. Logo é hora de melhorar sua gestão, inovar para ser mais competitivo e principalmente entender as mudanças no mercado para aproveitas os bons ventos que inflam as velas da economia brasileira.

(*) O autor é economista, consultor empresarial com mais de 20 anos de experiência e gerente regional do SEBRAE-SP em São Carlos.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias