Menu
terça, 31 de março de 2020
Coluna do Agora

Chico prefeito é coisa de ‘loco’?

17 Fev 2020 - 13h15Por Redação São Carlos Agora
Vereador Chico Loco (PSB) - Crédito: DivulgaçãoVereador Chico Loco (PSB) - Crédito: Divulgação

A conversão à direita do prefeito Airton Garcia causou estragos na base política. Esse é o relato do vereador Chico Loco (PSB). O parlamentar revelou que foi pego de surpresa com o ingresso do prefeito ao Partido Social Liberal (PSL). Se Chico foi o marido traído não sabemos, mas na reunião de secretários de quarta-feira passada, o chefe de gabinete do chefe do Poder Executivo, Carneirinho Pires, cantou a bola: o PSL estava com o grupo político. Houve, inclusive, um encontro em que o assunto foi tratado com Loco, que agora fala de lançar seu nome à Prefeitura de São Carlos pelo PSB. Vai entender esse jogo maluco da política...

Argumento

Na opinião desta coluna, a candidatura Chico Loco Prefeito não prospera. Expoentes do partido como Paraná Filho, Elton Carvalho e Daniel Lima vão pular fora do partido e caminharem no projeto Airton de reeleição, caso não haja acordo para o PSB permanecer com o grupo de Airton. Leandro Guerreiro espera a janela para ‘saltar’ ao Patriota. Então, sobra quem? Chico Loco, o candidato de si mesmo?

Senta a aqui

Na Prefeitura, a conversa que rola é: Chico Loco está chateado, mas a bronca passa rapidinho depois de um afago do secretário de Governo, Edson Fermiano.

Descontente

O ex-governador Márcio França (PSB) também não ficou contente com a saída de Airton Garcia. Contudo, é importante lembrar. Na eleição passada, parcela do grupo político de apoio à reeleição do então governador, defendia a aliança BolsoFrança (Bolsonaro/Márcio França) no Estado, tendo como protagonista o senador Major Olímpio na cabeça de apoio. Isso prova que a raiva de político passa rápido.

Combinou comigo?

No Hotel Caiçara, Airton Garcia não confirmou a sua candidatura à reeleição. Disse apenas: “o futuro a Deus pertence”. E isso tem uma explicação: é que a esposa dele, a médica Rosária Mazini, não vê com bons olhos uma nova candidatura.

Mancomunados?

Souza Júnior, que se autoproclamava o bambambam do PSL de São Carlos tomou um chapéu de Carneirinho Pires. Ou não? A explicar: o ex-candidato a deputado estadual filiou Edgar Andreazzi Moreira no PSL. Edgar é irmão de Bill Moreira, que integra o diretório municipal do PSL São Carlos sob a batuta de Carneirinho.

Será?

Especula-se que Souza sabia de toda a articulação para abrigar o PSL na base de Airton, mas como trabalhava com a hipótese de lançar Zé Parrella candidato a prefeito de São Carlos, não poderia sair mal desse jogo. Será verdade essa conjectura ou uma viagem na maionese.

Órfão?

Zé Parrella não está órfão na cena política são-carlense. Já ofereceram a ele o Podemos (já tratamos desse tema na coluna) e o PSD, que em São Carlos é comandado por Dagnone de Melo. No entanto, com esta última sigla, as negociações ocorrem na esfera estadual. Melo tem participado de algumas conversas políticas em torno do PSD. Até sugeriu a filha dele, Marina, como candidata a vice.  

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias