Menu
terça, 31 de março de 2020
Coluna do Agora

A sombra chamada Newton Lima

24 Fev 2020 - 10h45Por Redação São Carlos Agora
Newton Lima, ex-prefeito de São Carlos, ex-reitor da UFSCar e ex-deputado federal - Crédito: DivulgaçãoNewton Lima, ex-prefeito de São Carlos, ex-reitor da UFSCar e ex-deputado federal - Crédito: Divulgação

Há dois grandes mistérios a serem desvendados nos próximos meses: Parrella, de fato, será candidato a prefeito de São Carlos, abdicando de uma reeleição fácil em Ibaté, apesar de alguns empecilhos judiciais? E Newton Lima, ex-prefeito de São Carlos, ex-reitor da UFSCar e ex-deputado federal. Vem ou não vem? O assunto não é consenso nos dois grupos. Uns juram que ambos serão candidatos; outros afirmam, categoricamente, que ambos são carta fora do baralho na disputa eleitoral.

Prós e contras chegam ao consenso num único aspecto: ambos são divisores de água para as futuras composições políticas. Destaque para Newton Lima, que saiu da Prefeitura de São Carlos, em 2008, portanto há 12 anos, com um índice de aprovação de 94%. Adversários esperam esse movimento do ex-prefeito para decisões futuras. Até pretensos candidatos a vereador aguardam as futuras notícias sobre o posicionamento político de Newton. Enquanto isso, a oposição ao petista respira aliviada com uma Silvana Donatti na disputa, em função da sua inexpressiva participação dela em eleição majoritária.

Marinheiro só

O primeiro escalão do governo Airton Garcia jogou a toalha e trabalha nas articulações sem a participação do PSB na composição política. Os lúcidos da administração entendem que PSB/PSL é semelhante a água e óleo. Não dá liga. Com isso, Chico Loco deve ficar só na embarcação. E pode ser, sim, candidato a prefeito, com as bênçãos de Márcio França (ex-governador) e mais ninguém.

Convite

Chico Loco fez um convite a Roselei Françoso (Rede). O médico quer o colega de Câmara como candidato a vice-prefeito. Roselei agradeceu, mas descartou a possibilidade.

Quero ficar

Daniel Lima confidenciou a sua vontade em permanecer no PSB se o partido ficar na base aliada de Airton, o que não deve acontecer. Então, o parlamentar deve buscar espaço em outras siglas aliadas.

Namoro ou amizade?

O PTB dos vereadores Malabim e Sérgio Rocha deve compor a base de apoio a Airton Garcia, contudo Márcio Cinti, o presidente do partido, conversa bastante com Julio Cesar em um posto de combustível localizado na esquina das ruas São Paulo e 13 de Maio. Só pra lembrar: Julio tenta viabilizar sua candidatura a prefeito pelo Partido Liberal (PL).

Do sindicato

Como já é praxe, o Sindicato dos Metalúrgicos deve dar respaldo a um candidato a vereador da base industrial. O nome pinçado é do técnico de futebol e funcionário da Volks, Rogerinho. A base sindical já elegeu Ronaldo Lopes por dois mandatos.

Especulação

Edson Ferraz se autodeclara candidato a vice-prefeito do MDB na chapa Airton Garcia. Entretanto, lá na frente, pode abrir mão dessa condição para atrair nomes fortes.

Oferta e demanda

Já escrevemos aqui: Dagnone de Melo oferece o PSD para composições políticas às eleições municipais de 2020 com uma condição: que Marina Melo, sua filha, seja candidata a vice. O problema é que a procura está baixa. Nas contas da coluna, restam Ferrão (Republicanos) e Deonir Tofolo (PRTB).

Famoso quem?

Um partido chamado Avante, ex- PT do B, está com o grupo de Airton Garcia. E aguarde: quem canta de galo como pré-candidato, pode sair como franguinho desse processo. Tem gente que garante: o partido vai cair no colo de Airton. Isso seria uma atitude republicana? A refletir...

Se der deu, se não der...

Leandro Guerreiro (Patriota) garante. Quer ser prefeito de São Carlos e vai para a disputa em outubro. Com apoio ou sem. E se não vencer, ele tem um plano. Ser candidato a deputado federal. Fama no Estado, via redes sociais, ele tem.

Futebol

Por pouco, o grupo de Carlos Antunes (o mesmo do São Carlos Futebol Clube) não inscreve o Paulistinha (sim, isso mesmo, ele também controla o tradicional clube de São Carlos) no Paulista da Série B em retaliação ao secretário de Esportes, Edson Ferraz. Aos 45 do segundo tempo, desistiram. O que será que o Edson fez? Agora, imagine o nó na cabeça do torcedor com três clubes profissionais em São Carlos.

 

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias