Menu
sábado, 23 de janeiro de 2021
Brasil

Vinte e três laureados com o Prêmio Nobel enviam carta a Michel Temer

03 Out 2017 - 04h17Por Redação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação -

Em um abaixo-assinado endereçado ao Presidente da República, Michel Temer, vinte e três laureados com o Prêmio Nobel expressaram sua preocupação com os cortes drásticos verificados no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, alegando que essa medida trará danos gravíssimos para o país nos próximos anos, promovendo "um desmantelamento da pesquisa nacional, com repercussões internacionais", além da inevitável fuga de jovens cientistas para o exterior.

Os signatários da carta, liderados pelo Prêmio Nobel da Física em 1997, Claude Cohen-Tannoudji, pedem para que o Presidente da República reconsidere esses cortes, até porque em outros países atingidos por crises econômicas similares à brasileira os cortes verificados na Ciência e Tecnologia foram entre 5% e 10% e nunca numa porcentagem que ronda os 50%, nessa área.

Assinaram esta missiva os seguintes cientistas:

Prêmios Nobel de Medicina e Fisiologia:

Prof. Harold Varmus (Nobel 1989) (USA); Prof. Jules Hoffmann (Prêmio Nobel 2011) (França); Prof. Tim Hunt (Prêmio Nobel 2001) (UK); Prof. Torsten Wiesel (Prêmio Nobel 1981) (USA);

Prêmios Nobel de Química:

Prof. Martin Chalfie (Prêmio Nobel 2008) (USA); Prof. Johann Deisenhofer (Prêmio Nobel 1988) (USA); Prof. Robert Huber (Prêmio Nobel 1988) (Alemanha); Prof. Ada Yonath (Prêmio Nobel 2009) (Israel); Prof. Dan Shechtmann (Prêmio Nobel 2011) (Israel); Prof. Venkatraman Ramakrishnan (Prêmio Nobel 2009) (UK); Prof. Jean-Marie Lehn (Prêmio Nobel 1987) (França); Prof. Yuan T. Lee (Prêmio Nobel 1986) (Taiwan);

Prêmios Nobel de Física:

Prof. Albert Fert (Prêmio Nobel 2007) (France); Prof. David Gross (Prêmio Nobel 2004) (USA); Prof. Serge Haroche (Prêmio Nobel 2012) (França); Prof. Claude Cohen-Tannoudji (Prêmio Nobel 1997) (França); Prof. Andre Geim (Prêmio Nobel 2010) (UK); Prof. Robert B. Laughlin (Prêmio Nobel 1998) (USA); Prof. Frederic Duncan M. Haldane (Prêmio Nobel 2016) (USA); Prof. Klaus von Klitzing (Prêmio Nobel 1985) (Alemanha); Prof. Arthur McDonald (Prêmio Nobel 2015) (Canadá); Prof. Takaaki Kajita (Prêmio Nobel 2015) (Japão); Prof. Jerome Friedman (Prêmio Nobel 1990) (USA).

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias