Menu
terça, 22 de junho de 2021
Brasil

Quase 3 milhões de veículos devem sair de São Paulo no feriado prolongado

08 Jul 2015 - 17h25

O movimento nas estradas do estado de São Paulo deve ser intenso neste feriado prolongado da Revolução Constitucionalista de 1932, que é comemorado amanhã (9). A Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Arsesp) estima que 2,8 milhões de veículos deixem a região metropolitana da cidade em direção ao interior e ao litoral paulista.

Só em direção ao litoral sul de São Paulo, devem circular 310 mil veículos, de acordo com previsão da Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes. Pela Rodovia dos Tamoios, que liga São Paulo ao litoral norte, a expectativa é que circulem 45 mil veículos.

O movimento mais esperado é nas vias que dão acesso ao interior paulista, principalmente pelo Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto [que leva até Campos do Jordão, cidade que recebe muitos turistas no inverno], por onde devem circular até 994 mil veículos. O tráfego deve ser intenso também nas rodovias Anhanguera e Bandeirantes, pelas quais devem passar 880 mil veículos, e pelo Sistema Castello Branco/Raposo Tavares, onde são esperados 600 mil veículos.

O tráfego deve ficar intenso a partir da tarde desta quarta-feira (8). Segundo a Artesp, o movimento vai aumentar entre as 16h e as 23h de hoje e entre as 5h e as 14h de amanhã (9). Já o retorno deve ser maior entre as 14h e as 22h de domingo (11).

A Artesp alerta ao motorista para que esteja atento à possibilidade de neblina nas rodovias paulistas, fenômeno comum nesta época do ano. Se a visibilidade estiver prejudicada, o motorista deve reduzir gradualmente a velocidade e manter ligado o farol baixo, tanto de dia quanto de noite.

A recomendação é que o motorista não pare o veículo na pista ou ligue o pisca-alerta com o carro em movimento. Outro alerta da Artesp é que o motorista e todos os passageiros, inclusive os do banco de trás, usem o cinto de segurança. Uma pesquisa feita pela Artesp mostrou que sete em cada dez passageiros que estavam no banco traseiro e morreram em acidente de trânsito nas rodovias paulistas, estava sem cinto de segurança.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias