domingo, 03 de março de 2024
Brasil

Notícia de vírus em medicamento Paracetamol é boato

04 Mar 2017 - 09h05
0 - 0 -

Mais um boato tem ganhando força nas redes sociais, principalmente no Whatsapp. Desta vez a farsa é sobre o medicamento Paracetamol P/500. O SCA recebeu várias mensagens de leitores preocupados com a informação.

Na mensagem que circula na web diz que é um medicamento novo, muito branco e brilhante e os médicos provaram conter o vírus "machupo", considerado um dos mais perigosos do mundo. Ele está associado à febre hemorrágica boliviana. A infecção causa febre alta, acompanhada de fortes sangramentos.

De acordo com o site Boatos.org, especializado em desmentir mensagens falsas na internet, o caráter alarmista, os erros de português e o incisivo pedido de compartilhamento denunciam a farsa. E um detalhe raro em boatos também nos ajuda a esclarecer: a citação à fonte.

Como o Texto é atribuído à Rádio Nacional de Angola, tentamos ver se tinha alguma informação a respeito do assunto na página deles. Como era de se imaginar, nada foi encontrado.

Outro detalhe: Mesmo que a tal rádio tivesse alertado, seria cientificamente impossível que o vírus sobrevivesse tanto tempo em um comprimido. De acordo com este texto, o Machupo é transmitido de humanos para humanos e por meio de roedores. Outro detalhe: ele só existe na América do Sul e Central.

Por fim, a mesma história já circula na internet há alguns anos. A única diferença era o local e o vírus. A história, em 2011, circulava por Moçambique e o vírus citado era o ebola. A história foi, também, desmentida na época.

Resumindo: não tem vírus nenhum no paracetamol P/500. A história do machupo é só um boato que circula online.

Para reforçar a tese de boato, a agência Nacional de Vigilância Sanitária do Brasil não publicou nenhuma restrição sobre o uso de Paracetamol, muito usado para o alívio temporário de dores leves a moderadas associadas a gripes e resfriados comuns, dor de cabeça, dor de dente, dor nas costas, dores leves relacionadas a artrites, dismenorreia e para a redução da febre, como informa a bula do medicamento.

Leia Também

Últimas Notícias