segunda, 20 de maio de 2024
Brasil

Estradas: programe sua viagem e fuja dos horários de pico

30 Abr 2015 - 09h34Por Portal do Estado de São Paulo

Antes de cair na estrada em direção ao litoral ou interior neste feriado do Dia do Trabalho, veja a previsão de tráfego nas principais rodovias estaduais paulistas e escolha os melhores horários. Boa viagem!

ISTEMA ANCHIETA-IMIGRANTES

A previsão da Ecovias, concessionária que administra o sistema, é que entre 180 mil e 270 mil veículos desçam a serra em direção ao litoral paulista. A implantação da Operação Descida (7×3) está prevista para as 15h desta quinta-feira, 30. Os veículos com destino ao litoral podem utilizar as duas pistas da via Anchieta e a pista sul da Rodovia dos Imigrantes. A subida é feita somente pela pista norte da Imigrantes. A previsão é que a operação de tráfego fique em vigor até as 2h da sexta-feira, 1º, e volte a ser implantada entre às 8h e 15h do mesmo dia.

Volta

A partir das 11h do domingo, 3, a expectativa é que o volume de tráfego comece a se intensificar no sentido São Paulo, horário para o qual a Ecovias programou a implantação da Operação Subida (2×8), com previsão de término às 23h. Neste esquema, as duas pistas da Imigrantes e a pista norte da Anchieta serão destinadas aos veículos que retornam a São Paulo, enquanto a pista sul da Anchieta ficará à disposição dos motoristas com destino ao litoral.

Mais informações no site da Ecovias.

SISTEMA ANHANGUERA-BANDEIRANTES

A CCR AutoBAn espera a circulação de aproximadamente 660 mil veículos, entre saída e chegada à capital, no período de quatro dias (de quinta-feira a domingo).

Horários de pico

Os horários de maior movimento na saída do feriado devem acontecer na quinta-feira, das 15h às 20h, na sexta-feira, das 10h às 13h.

Volta

Para o retorno do feriado, os horários de pico previstos acontecem no domingo, das 12h às 20h.

Operação Caminhão

Na sexta-feira e no domingo, das 14h às 22h, os caminhões que se destinam à capital pela Rodovia dos Bandeirantes devem utilizar a Via Anhanguera no trecho do km 48 ao km 23, entre Jundiaí e São Paulo.

As informações são da Concessionária Autoban.

AYRTON SENNA/ CARVALHO PINTO

A estimativa da Ecopistas é que entre 800 mil e 878 mil veículos passem pelas quatro praças de pedágio que a empresa administra, nos dois sentidos, durante o 1º de maio. A contagem para o feriado prolongado começa a zero hora desta sexta e se estenderá até meia-noite de domingo.

Na saída dos motoristas para o feriado, a previsão é de que o fluxo de veículos seja mais intenso das 15h às 18h de quinta e entre as 9h e 12h de sexta.

Operação Faixa Reversível

Nos períodos de maior movimento no sentido litoral e interior, a Ecopistas poderá implantar a Operação Faixa Reversível, na qual os condutores que se dirigem a Campos do Jordão e ao sul de Minas Gerais terão uma faixa exclusiva para trafegar, entre o km 128 e o km 130 da rodovia Carvalho Pinto. A faixa da esquerda da pista que opera em direção a São Paulo terá seu sentido invertido e servirá como mais uma opção aos motoristas.

Mais informações na Concessionária Ecopistas.

SISTEMA CASTELLO BRANCO-RAPOSO TAVARES

Aproximadamente 558 mil veículos devem circular pelos dois sentidos do Sistema Castello-Raposo entre os dias 30 de abril e 3 de maio.

A operação tem início à 0h desta quinta-feira e se estende até a meia-noite do domingo. O tráfego de caminhões está proibido do dia 1º até o dia 3.

As informações são da Concessionária Viaoeste.

NOVA TAMOIOS

A Operação 1º de maio na Nova Tamoios (SP-099) começa nesta quinta-feira. Até domingo, a rodovia receberá reforço operacional para atender cerca de 100 mil veículos. Para descida ao litoral norte será implantada faixa suplementar a partir do km 67, no trecho de serra. A medida visa garantir em todo o trajeto duas faixas de rolamento e aumentar a capacidade de fluxo da rodovia.

Horários de pico

Sentido litoral norte - quinta-feira, a partir das 16h; sexta, entre 7h e 14h.

Volta

Sentido Planalto - domingo, entre 9h e 23h.

As informações são da Concessionária Tamoios.

RODOVIAS OPERADAS PELA DER

Rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP-055); Rodovia Manoel Hyppolito Rego (SP-055); Rodovia Dom Paulo Rolim Loureiro (SP-098); Rodovia Oswaldo Cruz (SP-125); Rodovia Raposo Tavares (SP-270); Rodovia Floriano Rodrigues (SP-123).

A Operação Feriado começa às 12h desta quinta nas estradas de acesso ao Litoral Paulista, Interior e Região Serrana, administradas pelo DER. A operação vai até meia-noite do domingo. A expectativa é que mais de um milhão de veículos utilizem as rodovias. Somente nas vias de acesso ao litoral paulista, mais de 384 mil veículos devem seguir viagem. Já na região serrana e interior de São Paulo, a expectativa é superior a 615 mil veículos.

Horários de pico

Os horários de maior movimento para a ida são esperados entre as 12h desta quinta e 2h de sexta-feira. Ainda na sexta-feira, a partir das 7h, o movimento volta a crescer e permanece intenso até as 18h.

Volta

No retorno, a previsão de maior movimento é entre as 12h de sábado e as 2h de domingo.

Durante o feriado, os motoristas de caminhões deverão ficar atentos às restrições de tráfego aos veículos de carga. As informações estarão disponíveis no site do DER.

As informações são da Secretaria de Logística e Transportes.

TRAVESSIAS LITORÂNEAS

As travessias litorâneas administradas pela Dersa devem receber cerca de 140 mil veículos durante o ferido nas ligações entre Santos e Guarujá, Guarujá e Bertioga, São Sebastião e Ilhabela, Cananéia e Ilha Comprida, Cananéia e Continente e Iguape e Juréia. A operação especial começa nesta quinta-feira e será encerrada no domingo.

Movimentação

Na travessia Santos/Guarujá a expectativa é receber 110 mil veículos. Nove embarcações estarão disponíveis para operação entre os dois municípios.

A travessia Guarujá/Bertioga contará com duas balsas. São esperados mais de 5 mil usuários durante o feriado prolongado.

No litoral sul a previsão é de que mais de 2 mil veículos utilizem a travessia Iguape/Juréia, que opera com três balsas. Entre Cananéia e o Continente, uma embarcação deve transportar mil veículos ao longo do período. Em Cananéia/Ilha Comprida, que dispõe de três embarcações e uma lancha para pedestres, são esperados 2 mil veículos.

No litoral norte, a expectativa é de que 16 mil veículos passem pela travessia São Sebastião/Ilhabela e utilizem as sete balsas que estarão disponíveis para operação.

As informações são da Dersa.

Leia Também

Últimas Notícias