Menu
sexta, 22 de junho de 2018
Polícia

Mãe mata filho de cinco meses degolado

11 Dez 2008 - 14h12Por Redação São Carlos Agora
Tereza Cristina Gerolano, de 39 anos, moradora em um sitio na região de Tabatinga, matou o filho de apenas cinco meses na terça-feira (09). Antes ela havia tentado matar a criança colocando veneno na mamadeira e como não obteve o resultado esperado, cortou o seu pescoço. Em seguida ela tentou se matar cortando os pulsos.

De acordo com o apurado, Tereza estava no Sitio São Jorge (Córrego do Meio), onde mora com a família e ao ficar só com o filho Wesley, ela deu a ele veneno misturado com leite.

Como a criança não apresentou reação imediata, ela apanhou uma faca de cozinha, com vinte centímetros de lâmina , foi até a cama do quarto e cortou o pescoço do filho e logo em seguida o joelho.

Ao perceber movimentação de pessoas no sítio, ela cortou os pulsos, no intuito de se matar. O sitio pertence ao município de Tabatinga, o qual possuía uma base da 4ª Companhia da Polícia Militar de Matão.

Os policiais militares Mangolin, Virgilio e Ulian, que estiveram no local relataram uma cena de horror. Eles encontraram a cama toda ensangüentada e a criança morta, com o pescoço degolado.

O sargento Cláudio Luis Ferreira, da Polícia Militar de Tabatinga, desconfia que a dona-de-casa tenha sofrido de depressão pós-parto. “Ninguém acreditou no que aconteceu”, frisa o policial. O delegado conta que na carta a mãe cita apenas a pretensão de morrer por não conseguir encontrar a felicidade. Ela foi presa em flagrante por homicídio e não foi levada à cadeia. Até se recuperar e evitar uma nova tentativa de suicídio, permanecerá em um hospital psiquiátrico.

A arma utilizada no crime foi apreendida na delegacia de Tabatinga, além de um frasco contendo inseticida e um copo com leite. A Polícia Cientifica realizou a péricia no local e os resultados devem sair em breve.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias