Menu
segunda, 20 de agosto de 2018
Polícia

Bandidos apavoram família na Vila Marina

07 Fev 2007 - 18h17Por Redação São Carlos Agora
0 - 0 -
Polícia Militar patrulhou durante toda madrugada em busca dos bandidos, porém ninguém foi presoUma família passou por momentos de terror na noite de ontem (06) na Vila Marina. Três assaltantes invadiram a casa do comerciante S.R.M de 43 e cometeram barbaridades no interior da residência. Segundo o que nossa equipe pode apurar, a professora S.P, 37, chegou na sua casa por volta das 22h20 em seu VW FOX, prata , 2006, com o filho de 10 anos, quando foi surpreendida por dois homens armados e encapuzados que ordenaram que ela e o filho ficassem calados e entrassem na casa. O garoto começou a chorar, o que despertou a atenção do pai, o comerciante que estava dormindo no sofá. Quando ele se levantou avistou a mulher e o filho sob a mira das armas, foi neste momento que surgiu um terceiro individuo também armado perguntando onde estaria o dinheiro e o cofre. Como o comerciante declarou que não havia nenhum cofre na residência, os covardes bandidos começaram a chutá-lo e dar coronhadas em sua cabeça, e depois passaram a revistar a casa em busca de dinheiro e outros itens de valor. Em uma gaveta, eles encontraram R$ 350,00 e mais R$ 250,00 que estava na carteira do comerciante. Apontando uma arma na cabeça da criança, eles exigiam mais dinheiro. Dois deles pegaram a professora e foram para caixas eletrônicos no centro e no shopping da cidade. Apenas neste último e que a mulher conseguiu sacar R$ 100,00. Os demais caixas estavam fora de serviço devido ao horário. O fato de não conseguirem sacar mais dinheiro irritou ainda mais os bandidos que decidiram irem embora levando R$ 900,00, três celulares, cheques, cartões de crédito e o carro da família. Após a comunicação do roubo a Polícia Militar foi alertada e passou a patrulhar com vistas ao trio. Por volta das 5h30 dois homens foram abordados na rua Professor Luís. Com eles foi encontrado uma pequena quantia de dinheiro. Eles foram levados ao Plantão Policial, onde a vítima conseguiu reconhecer um deles pela voz. Como não tinha nada que provasse o envolvimento dos detidos, a dupla foi liberada.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias