Menu
quinta, 18 de outubro de 2018
Polícia

Após tentar matar esposa, homem promove incêndio em residência no Aracy

23 Abr 2008 - 22h48Por Redação São Carlos Agora
Um homem transtornado quase causou uma tragédia nesta tarde no bairro Cidade Aracy. Totalmente embriagado e drogado ele tentou matar a esposa com uma faca. A mulher conseguiu fugir a tempo levando os filhos. Não satisfeito o ex-presidiário Procópio Gerson Vaz, 38, cortou a mangueira do botijão de gás, levou para o quarto e ateou fogo. A ação rápida dos Bombeiros evitou uma tragédia maior. Até o início desta noite, a PM não havia conseguido localizar o agressor que após o crime conseguiu fugir pelas ruas do bairro.O fato ocorreu por volta das 14h30. Segundo informações, logo após o almoço, a dona de casa J.O.F. de 35 anos estava no interior do imóvel localizado na rua 5 nº 1288, Cidade Aracy I, em companhia dos quatro filhos quando o Vaz chegou na casa e passou a ofende-la, dizendo que se ela persistisse na idéia de separação ele a mataria.Apesar do medo, a mulher ainda enfrentou o marido que estava sob efeito de álcool e drogas, dizendo que não iria aceitar mais aquela situação. O ex-presidiário então se apossou de uma faca e partiu para cima da mulher, dizendo que iria matá-la naquele momento.Desesperada a mulher pegou os filhos e correu para rua, onde foi amparada por vizinhos. Enquanto isso, no interior da residência Procópio cortou a mangueira do botijão de gás levando-o para o quarto do casal, onde ateou fogo, jogando sobre o botijão em chamas várias peças de roupa. Após o fato, Procópio saiu da casa tomando rumo ignorado.Moradores que presenciaram a cena arrombaram uma das portas e com baldes de água tentaram combater as chamas até a chegada dos Bombeiros.Várias viaturas de combate a incêndios foram para o local e os homens do Corpo de Bombeiros conseguiram cessar as chamas que devoraram completamente o quarto, toda a roupa e parte da cozinha.A Polícia Militar também esteve presente e após dar os primeiros atendimentos passou a procurar pelo agressor que já esteve preso pelos crimes de furto e lesões corporais. Até o início desta noite Procópio ainda não havia sido localizado.
O caso foi encaminhado à DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) onde foi registrado boletim de ocorrência de ameaça e incêndio criminoso.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias